Assista nosso Programa

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A tragédia silenciosa de 1 bilhão de famintos

Todos já passamos fome, o suficiente para saber que é uma sensação ruim. Mas nossa fome geralmente é medida em minutos, talvez horas e algumas situações extremas dias, porém há sempre uma solução. Para os retratados neste livro é diferente, eles não sofrem apenas com a fome, sofrem com as conseqüências da fome em suas mentes e corpos, são crianças que não têm acesso a mínima dignidade de sonhar um futuro para seus filhos, são seres humanos à espera de ração, à espera do improvável, à espera da morte. Muito pouco se faz por eles, muito pouco se faz para que sejam de fato seres humanos.

Hoje, com tragédias vividas pelo Haiti e também dos alagamentos e deslizamentos que acontecem em cidades brasileiras, junto com às necessidades que surgem nesses nestes contextos, podemos repensar alguns conceitos e ver que essa realidade pode estar muito mais próxima de nós.
O lançamento da Editora Saraiva relata esta realidade vivida em lugares pouco visitados, muito além da compreensão humana. Mostra o descaso que vemos nestas tragédias, porém é a triste realidade de um dia a dia de uma população que desconhecemos.

O mundo não é plano trata das diferenças humanas, mostra que as condições existem, que interesses ainda sobrepujam vidas, apresenta dados que mostram sobras em alguns locais enquanto falta tanto em outros. Dilema humano, este livro trata de gente: dos que ainda não andam sozinhos. Mas é escrito para muitos outros, os que precisam tomar consciência e exigir que a situação fique o mais rápido possível como um registro ruim da história.

Pegue este livro, leia qualquer parte ao acaso, veja qualquer uma das fotos e reflita como é possível essa situação ainda perdurar nos tempos em que há toda uma interconectividade e um desenvolvimento tecnológico tão grande. Este livro não deveria existir, e existe exatamente com essa função, deixar de existir. Existe como manifesto e alerta, quer mostrar ao maior número de pessoas possível que a situação para muitos ainda é extremamente grave, que ainda se morre e se sofre, num número exorbitante, por uma questão aparentemente tão primária.

Sobre o autor:
Jamil Chade é bacharel em Relações Internacionais pela PUC-SP e mestre em Política Internacional pelo Instituto de Altos Estudos de Genebra. Começou a trabalhar pela Gazeta Mercantil em Brasília e há dez anos, é correspondente do jornal O Estado de S. Paulo, em Genebra. Percorrendo mais de 40 países - da China ao Sudão, da Libéria à Ucrânia - em busca de histórias, entrevistou heróis anônimos, assassinos, refugiados, Prêmios Nobel, criminosos de guerra, santidades, famintos, nobrezas, esportistas, vítimas de violações de direitos humanos e verdadeiros visionários.

O MUNDO NÃO É PLANO
A tragédia silenciosa de 1 bilhão de famintos
Jamil Chade
Fotos: Juca Varella
Editoras Saraiva e Virgília, 1.ª edição, 2009, brochura, 264 páginas, R$ 44,00
ISBN: 978-85-02-09018-7
*
*
*
Publicidade:

GUARDE UMA RECORDAÇÃO DO SEU PET
IMA DE GELADEIRA E CALENDÁRIOS
KID BRINDE
www.kidbrinde.webnode.pt