Assista nosso Programa

segunda-feira, 29 de junho de 2009

TEORIA CRÍTICA e SOCIEDADE discute questões do mundo contemporâneo

Pesquisadores discutem as conexões da Teoria Crítica com a política, a estética e a educação

A Teoria Crítica, desenvolvida por pensadores agrupados no que ficou conhecida como Escola de Frankfurt, estabeleceu novas formas de pensar a política, a estética e a educação, mas seus conceitos muitas vezes não estão acessíveis a um público mais amplo, devido à sua própria complexidade. Com um enfoque menos técnico, Teoria crítica e sociedade contemporânea, obra organizada por Sinésio Ferraz Beuno, reúne artigos nos quais os conceitos da Escola de Frankfurt são utilizados para compreender dialeticamente algumas questões cruciais do mundo contemporâneo, proporcionando uma abordagem filosófica dos problemas debatidos.

A primeira parte deste lançamento da Editora Unesp apresenta algumas reflexões no campo filosófico, especialmente no tocante à "dialética da modernidade". O homem unidimensional de Herbert Marcuse, A Experiência da pobreza de Walter Benjamin, a correlação entre e moda em Benjamin e Charles Baudelaire e a apreensão de Horkheimer acerca da religião são os pontos
discutidos. Na seção seguinte, as reflexões críticas no campo filosófico privilegiam a "dialética da razão". Esse exame é concluído com uma abordagem sobre as afinidades entre Nietzsche e Max Weber, apontando de que forma a crítica nietzschiana à tradição filosófica inspirou as de Weber sobre modernidade.

A terceira parte tem como tema a indústria cultural. O caráter singular da música popular brasileira e a expansão da indústria fonográfica nos últimos anos como processo de da música são alguns dos assuntos analisados. A parte final desta coletânea concentra-se em questões educacionais. Aqui são abordados os seguintes pontos: a problemática crucial do preconceito a partir da obra de Adorno e Horkheimer; os obstáculos contemporâneos para uma educação emancipadora; os termos elaborados por Marcuse e a filiação da teoria crítica ao marxismo; Marx e a psicanálise de Freud; as dimensões objetivas e subjetivas da formação de professores na contemporaneidade.

Sobre o organizador - Sinésio Ferraz Bueno é doutor em Filosofia da Educação pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, câmpus de Marília, e trabalha principalmente com os temas sobre Educação e Teoria Crítica.

Título: Teoria crítica e sociedade contemporânea
Organizador: Sinésio Ferraz Bueno
Páginas: 264
Formato: 23 x 16 cm
Preço: R$ 45
ISBN: 978-85-7139-902-0
Data de publicação: 2009

Os livros da Fundação Editora da Unesp podem ser
adquiridos pelo site www.editoraunesp.com.br ou telefone
(11) 3242-7171. Ramal 417
Editora UNESP
*
*
*
*
*
Publicidade:

Causa Ganha