Assista nosso Programa

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Mesada muito além do dinheiro – 8 formas de tratar o tema com as crianças?

Conceitos são para serem repensados a todo o momento e é isso que o educador financeiro Reinaldo Domingos propõe em seu novo livro Mesada não é só dinheiro – Conheça os 8 tipos e construa um novo futuro (Editora DSOP), com lançamento marcado para dia 27 de agosto, na FNAC Paulista.

A obra revoluciona a forma com que é inserido o dinheiro na vida das crianças, quebrando tabus e mostrando que é possível inserir o assunto na vida das crianças, associado a questões como sustentabilidade, meio ambiente, consumo consciente e outros temas tão relevantes atualmente.

“Esse lançamento é muito importante pra mim, especialmente porque ele é o resultado do meu conhecimento no assunto e da minha experiência no convívio que tenho com pais, crianças e escolas. Senti a necessidade de escrever algo que sanasse uma das principais dúvidas dos adultos: a mesada. E aproveitei essa obra para apresentar uma nova concepção e mostrar que o assunto vai muito além de um valor dado mensalmente aos filhos”, explica Reinaldo Domingos.

São muitas as perguntas respondidas pela obra, que geralmente engloba o sistema financeiro, como:

Será que a mesada é um instrumento adequado para a educação financeira de crianças e adolescentes?
Qual é a idade recomendável para iniciar a mesada?
Qual é o valor ideal a ser estabelecido?
Estamos falando em dar um “salário” à criança ou estaremos premiando-a por bom comportamento?
É certo fazer do dinheiro uma moeda de troca por boas notas escolares?
E se a família não tiver condições financeiras para entregar um valor mensal à criança?
Como definir uma mesada na vida dos filhos, quando os pais não têm dinheiro para nada?


Contudo, o autor vai muito mais além, mostrando que até mesmo os que acham que não dão mesada aos seus filhos, estão enganados, uma vez que, toda criança, já a partir dos três anos de idade, começa a ter contato com alguma quantia em dinheiro. Essas entregas voluntárias, vindas geralmente dos pais e familiares, já são uma forma de mesada não sistematizada.

Isso sem contar que o contato com o papel-moeda na infância pode ocorrer de forma direta ou indireta. Acontece de forma indireta, quando a criança vê seus pais comprando ou vendendo coisas; e de forma direta, quando ela passa a ter algum dinheiro nas mãos.

As informações transmitidas neste livro passam não só pelo aspecto financeiro, mas também pelo viés do empreendedorismo social, ecológico, solidário, dentre outras formas de relacionar o dinheiro com a realidade de forma proveitosa para todos.
Assim, Domingos estabelece 8 tipos de mesadas que podem ser aplicados. São eles:

Mesada voluntária
Mesada financeira
Mesada de terceiros
Mesada econômica
Mesada empreendedora
Mesada ecológica
Mesada de troca
Mesada social



Serviço
Lançamento do livro Mesada não é só dinheiro, de Reinaldo Domingos
Data: 27 de agosto
Horário: às 19h
Local: FNAC Paulista
Endereço: Av. Paulista, 901 - Bela Vista – São Paulo/SP

domingo, 2 de agosto de 2015

Biografia de Franz Kohlenberger será lançada no Parque Nacional do Iguaçu



A história de um dos homens que viveram de forma mais intensa a vida turística do Parque Nacional do Iguaçu, nas últimas décadas, virou livro. O Homem das Cataratas será lançado na sexta-feira, 7 de agosto, às 20 horas, no Centro de Visitantes da unidade de conservação. A obra, que narra a vida de Franz Kohlenberger, foi escrita por Analice Kohlenberger e Ezídio Oro Junior.

A publicação apresenta diversos momentos da família do personagem e sua trajetória profissional, iniciada na Áustria durante a Segunda Guerra Mundial; chegada ao Brasil, no estado de São Paulo; e o encontro com a Terra das Cataratas, seu grande amor. A narrativa é repleta de causos e de contextos históricos da cidade de Foz do Iguaçu, do turismo e, claro, das Cataratas do Iguaçu, com fotografias emocionantes.

Nas páginas, o leitor encontra histórias como “O bar e o hotel nunca fecham”, que desvenda um período da família de Franz na cidade de Itapetininga, quando compram um hotel por 40 mil cruzeiros. Há também os diálogos com a família na Europa, em “A primeira comunicação com os pais desde 1936”. A versatilidade de Franz é evidenciada em “Barman durante a noite, aventureiro durante o dia”, tudo isso, no Parque Nacional do Iguaçu.

Essas e muitas outras histórias serão relembradas durante a solenidade de autógrafo e lançamento da obra, que contará com a participação do personagem e pioneiro de Foz do Iguaçu, Franz Kohlenberger.

O livro conta com o apoio do Parque Nacional do Iguaçu, Projeto Memória das Cataratas, Cataratas do Iguaçu S.A., Helisul Táxi Aéreo, Macuco Safari e Itaipu Binacional.

Serviço
Lançamento do livro: O Homem das Cataratas
Data: 7 de agosto
Horário: às 20 horas
Local: Centro de Visitantes do Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br