Assista nosso Programa

sexta-feira, 10 de julho de 2015

DICAS LITERÁRIAS PARA O DIA MUNDIAL DO ROCK




No dia 13 de julho comemora-se o Dia Mundial do Rock. Esse é um dos gêneros musicais mais importantes de toda a história e que revelou grandes nomes da música. Sempre pautado pelo título “sexo, drogas e rock n’ roll”, o estilo teve seu marco em julho de 1954 quando um moço charmoso e carismático, chamado Elvis Presley, gravou “That’s Allright Mamma”. Presley não inventou o rock, mas foi o responsável por apresentá-lo ao mundo.

Depois disso, só apareceram clássicos, entre eles, Beatles, a maior influência do cenário; The Rolling Stones, que revolucionou a relação entre música e público; Bob Dylan, que bombou com Like a Rolling Stone; e muitos outros cantores e grupos que mudaram o cenário musical.

O rock é espelho e tendência para sociedade. Nos últimos tempos, os artistas ficaram mais próximos de seu público – ou vice-versa. Há uma identificação entre ídolos e fãs que ocasionou numa relação mais íntima dos indivíduos com a música.

E os temas das canções sempre estiveram sintonizados com a realidade. Nunca um genêro foi tão atemporal, com algumas personalidades que colocaram em suas músicas críticas acirradas contra o governo, por exemplo.

Enfim, o rock é, de fato, um dos estilos mais marcantes de todos os tempos e merece essa comemoração. E a Editora Évora separou três biografias de grandes marcos da história da música e que podem te inspirar com suas histórias instigantes: “Ron Wood, A Autobiografia de um Rolling Stone”; “Nos Bastidores do Pink Floyd”, do jornalista Mark Blake que trouxe a história da banda mais emblemática de todos os tempos e “Iron Maiden – Run To The Hills”, escrito por Mick Wall, que contou detalhadamente a história dos integrantes do grupo de heavy metal que mais tem fãs pelo mundo.

Ron Wood, A Autobiografia de um Rolling Stone - A autobiografia de um ícone de rebeldia dos anos 1960/70 e que ainda hoje faz parte de uma das bandas mais populares e polêmicas do mundo, o livro, traça uma história recheada de sexo, drogas e rock´n-roll, e detalha os bastidores de sua vida desde a infância e relata sua carreira na banda criada em 1962, mas que passou a integrar em 1974, com a saída de Mick Taylor.

Nos Bastidores de Pink Floyd - A mais completa e detalhada biografia deste ícone do rock moderno. A obra é baseada em entrevistas do autor, Mark Blake, jornalista especializado em biografias de bandas e de músicos, com os membros do grupo, produtores e ex-colegas universitários e foi lançada em comemoração aos 40 anos do “Floyd”, incluindo um caderno de fotos exclusivas.

Iron Maiden – Run To The Hills - Rico em detalhes que resgatam momentos desconhecidos da história, o livro aborda as várias formações da banda e traça um perfil de cada integrante em capítulos individuais. A obra traz curiosidades sobre a trajetória da banda britânica que conquista os fãs de Heavy Metal desde 1975. O autor entrevistou os antigos e atuais membros da equipe, além de empresários e agentes que, segundo ele, são uma equipe de profissionais que conseguiu manter o grupo unido por tantos anos e transformou uma banda de garagem em uma indústria multimilionária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião!