Assista nosso Programa

terça-feira, 10 de abril de 2012

Ipea lança livro sobre Gestão do Conhecimento nesta quarta-feira


A publicação contém ainda um manual de implementação da GC na administração pública brasileira
Nesta quarta-feira, 11, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) lança o livro Modelo de Gestão do Conhecimento para a Administração Pública Brasileira, às 9h30,  no auditório do subsolo na sede do Instituto, em Brasília ( SBS, Q. 1, Bl J, Ed. BNDES). A publicação é de autoria de Fábio Ferreira Batista, técnico de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Desenvolvimento Institucional (Dides) do Ipea. A abertura do evento será feita pelo presidente do Instituto, Marcio Pochmann, pelo diretor da Dides, Geová Parente Farias, e também pelo reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alvaro Toubes Prata. É necessária a confirmação de presença pelo e-mail: eventos@ipea.gov.br. O lançamento será transmitido ao vivo por meio do portal: www.ipea.gov.br.
O autor pesquisa o tema da gestão do conhecimento desde 2003, e participou de publicações sobre o assunto no Instituto nos anos de 2004 a 2007. "O livro apresenta uma proposta para a gestão do conhecimento nas administrações públicas, e tem a finalidade de ajudar os órgãos públicos a implementar essa gestão", explica Fábio Batista.

Ele conta que o estudo foi elaborado durante o pós-doutorado em Gestão do Conhecimento, em 2011, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Além da proposta, a obra conta com um manual para a implementação da GC nas administrações governamentais, que é adaptado de forma a servir aos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), e às administrações diretas e indiretas dos níveis estatuais e municipais. "O livro é específico para a gestão pública, tem foco em resultados e no benefício dessa gestão para os cidadãos", definiu Batista.

Também participam do evento o professor do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (EGC/UFSC), Neri dos Santos, e a presidente da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC), Sônia Wada. A mediação da mesa ficará a cargo de Fernando Ferreira, gerente Executivo do Gabinete da Presidência da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
www.ipea.gov.br

Fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada fornece suporte técnico e institucional às ações governamentais - possibilitando a formulação de inúmeras políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiro - e disponibiliza, para a sociedade, pesquisas e estudos realizados por seus técnicos.


Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

terça-feira, 3 de abril de 2012

MANUAL DE DIVULGAÇÃO DO MÚSICO POBRE - FAÇA VOCÊ MESMO

Cover_front_medium

A jornalista e blogueira Claudia Souza lançou o MANUAL DE DIVULGAÇÃO DO MÚSICO POBRE, que ensina aos profissionais da música, técnicas e dicas simples para compor um release, identificar o público alvo e alerta para os pequenos erros que a maioria dos artistas na fase emergente cometem.


"Pequenos detalhes como exageros na composição do texto, fotos de má qualidade, entre outros, impedem que jornalistas de veículos de comunicação interessem-se em divulgar os trabalhos de artistas talentosos que acabam perdendo a chance de alavancarem as suas carreiras." Disse a autora.

O livro pode ser adquirido através do site da Agbooks e Clube dos Autores.

UMA NOVA VISÃO DO APOCALIPSE MAIA PARA 2012



“2012: Nas cortes do sol”, de Brian D´Amato, é baseado na previsão maia que indica o fim do mundo para 21 de dezembro de 2012. Mas, ao invés de investir no significado esotérico e no sensacionalismo em torno do chamado “Apocalipse Maia”, como muitos livros e filmes já fizeram, “2012: Nas cortes do sol” aposta no vigor ficcional para contar uma história capaz de seduzir tanto aos apaixonados pelos mistérios da cultura maia quanto aos apreciadores de jogos de estratégia e avanços tecnológicos e digitais. Jed DeLanda, o herói dessa história, vive em 2012 como um gênio matemático que se especializou em jogos de estratégia e tem como arma secreta um ritual divinatório dos maias chamado “Jogo do Sacrifício”. Através desse ritual, os maias faziam predições sobre o nascimento e a morte das civilizações. Mas Jed vai se deparar com um mistério ainda mais amplo ao ser chamado por seu mentor, Taro Mora, para conhecer uma projetista de jogos chamada Marena Park, que lhe fala de uma predição ainda mais antiga registrada num códice recém-descoberto e que poderia ser detectada pelo uso do mesmo “Jogo do Sacrifício”. Taro Mora reúne uma equipe de cientistas para que Jed viaje no tempo, de 2012 até 664 d.C., por meio de uma réplica de suas ondas mentais projetada numa fenda no contínuo espaço- tempo chamada desktop wormhole. Tudo vai bem até que, ao invés de penetrar na mente de um rei maia, Jed penetra na mente de um jogador de futebol maia que está prestes a sofrer um sacrifício num templo da antiga civilização. Além de escapar por pouco de uma catástrofe radioativa e evitar uma ameaça de extinção que pesa sobre todos os povos, o autêntico herói Jed se debate com sua missão num mundo de enormes possibilidades. O livro não se restringe à sua fantástica aventura, mas também apresenta detalhes impactantes sobre o modo de vida dos maias, seu código de comunicação, glossário com palavras utilizadas ao longo da narrativa, explicações de pronúncias e mapas indicando os nomes maias para acidentes geográficos e lugares registrados em espanhol, situados na América Central, Golfo do México, Golfo de Honduras e Oceano Pacífico. Além disso, especula sobre o caráter dos jogos eletrônicos e as possibilidades infindáveis da tecnologia sobre viagens impossíveis no tempo. SOBRE O AUTOR Não apenas um escritor, mas também um artista plástico, Brian D’Amato fez sucesso com seu primeiro romance, Beauty (Beleza), publicado em 1992. Como artista plástico, ele se especializou em esculturas e instalações tridimensionais que têm sido vistas em todos os museus do mundo, e foi um dos responsáveis pela introdução da “realidade virtual” como um modo de expressão artística inteiramente novo no circuito das galerias e museus importantes do EUA. Ele também lecionou arte e história da arte em universidades de Nova York, Ohio e Yale e seus artigos foram publicados em várias revistas americanas importantes como Harper´s Bazaar e Vogue. 2012: NAS CORTES DO SOL Autor: Brian D’amato Gênero: Romance Formato: 15,6 x 22,4 cm. Páginas: 800 ISBN: 978-85-8130-019-1 Código de barras: 978-85-8130-019-1 Sinopse: NO MUNDO DE 2012, UM MATEMÁTICO VIAJA NO TEMPO ATÉ A CIVILIZAÇÃO MAIA PARA IMPEDIR UMA CATÁSTROFE SEM PRECEDENTES No ano de 2012, um matemático sofisticado, especializado em jogos de estratégia em computadores, conhecedor de artefatos divinatórios da civilização maia, investidor em ações on-line, está diante da maior missão de sua vida: impedir que uma antiga predição, num códice recém-descoberto, se cumpra. Para isso, uma equipe de cientistas fará com que ele viaje no tempo até o ano de 664 d.C., para a antiguidade maia, onde se deparará com inúmeros mistérios e uma aventura fantástica como poucas. Este é o romance de Brian D´Amato, artista plástico, estudioso da civilização maia, que forjou uma narrativa de tirar o fôlego dos apreciadores de ficção científica e romances épicos envolvendo antigas civilizações misteriosas. Curso online de Cultura Religiosa