Assista nosso Programa

terça-feira, 30 de outubro de 2012

LeYa lança “Cervejas, Birras e Brejas”, livro que explora as curiosidades e histórias da bebida que é paixão nacional


 ESCRITA PELO MESTRE CERVEJEIRO MAURICIO BELTRAMELLI, A OBRA CHEGA ÀS LIVRARIAS EM OUTUBRO
“Este livro trata justamente disso: mostrar a você que beber cerveja é muito mais
do que deglutir a exaustão um líquido hipergelado. Isso é claro, se você quiser sair do
lugar-comum, estiver aberto e disposto a aproveitar o mundo cervejeiro que agora se abre a sua frente. Quer tentar?”
Loira, vestida elegantemente, de preferência com um colarinho sedutor. Mas pode ser também a morena, mais intensa, ainda assim discretamente doce e com perfume de malte queimado. A preferência é nacional, mas quando se trata de cerveja, a estrangeira também é sempre bem-vinda.
A editora LeYa lança em outubro “Cervejas, Brejas e Birras”, do mestre cervejeiro Maurício Beltramelli. Essa obra – ricamente ilustrada - é leitura obrigatória para os apreciadores da bebida e para os curiosos, que vão descobrir tudo sobre os mais de 100 tipos de cerveja existentes no mundo numa linguagem simples e divertida, como numa conversa de amigos entre um chopp e outro. E por falar em chopp, sabia que essa palavra só existe no Brasil?
Dono do famoso Bar Brejas, em Campinas, e um dos sommeliers de cerveja mais respeitados do país, Mauricio Beltramelli se apaixonou pela bebida em uma viagem à Europa que fez com os amigos no início dos anos 2000. Cansados das 11 horas de voo entre Brasil e Itália, os amigos pararam na primeira doceria que encontraram e Mauricio abriu a geladeira e pegou uma cerveja. Se aquele momento fosse um filme, nessa hora teria passado em câmera lenta. Ao dar o primeiro gole, um mundo de novos sabores e aromas se abriu. Uma mistura que ia muito além do que as cervejas brasileiras da época estavam acostumadas a oferecer. Maurício havia escolhido, sem querer, uma Chimay Bleue, cerveja belga feita por monges católicos e uma das melhores cervejas do mundo. E foi ali, bebendo em frente ao Panteão, que ele se apaixonou.
Depois disso, a viagem tomou um outro rumo e os amigos brincaram de degustar diferentes cervejas e criaram uma planilha com anotações, que acabou virando o site Brejas, o maior portal sobre o assunto no país. E aí veio o Bar Brejas e Maurício não mais advogava. E como para um apaixonado, declarar o seu amor nunca é demais, o autor reuniu em livro suas descobertas. Recheado de curiosidades, como o fato de quem criou a cerveja, na verdade, foram as mulheres e por acidente, ou que a melhor cerveja do mundo não tem rótulo ou como foi quando a cerveja chegou no Brasil ou ainda porque cerveja é considerada uma bebida menos nobre do que vinho, entre inúmeras outras histórias, o autor explora toda a trajetória de uma das bebidas mais amadas do mundo.
Breja, loira, chopp, clara, escuro, de trigo... não importa como você chama ou qual é o tipo que você bebe. Gelada, com aquele colarinho e com o copo suando, é fácil entender porque a cerveja é paixão nacional.
 Ficha Técnica
Título: Cervejas, Brejas e Birras – Um guia para desmistificar a bebida mais popular do mundo
Autor: Mauricio Beltramelli
Formato: 17 x 23 cm
Nº de páginas: 320
Preço: R$ 49,90
Sobre o autor 
Mauricio Beltrammeli é fundador do site BREJAS - a maior comunidade de cervejas da internet brasileira - e dono do Bar Brejas, - casa especializada em cervejas em Campinas, com mais de 250 rótulos. Largou a vida de advogado e, no final de 2010, formou-se em Mestre em Estilos de Cerveja pelo Siebel Institute, em Chicago (EUA) e em Sommelier de Cervejas pela Doemens Akademie de Munique (Alemanha). Além de sócio do Brejas (site e bar), viaja o Brasil e o mundo conferindo palestras, cursos e sendo jurado de concursos cervejeiros. É também docente do Curso de Formação de Sommeliers de Cerveja do SENAC e escreve para inúmeras publicações nacionais tendo uma coluna fixa na Rádio CBN sobre cervejas. 

ImprensaRua Desembargador Paulo Passalacqua, 86 - Pacaembu
01248-010 - São Paulo - SP - Brasil
 Fone + 55 11 3129 5448  Ramal 6207 / 6208Fax + 55 11 31295448 ajocys@leya.com
A LeYa é o grupo editorial que integra algumas das mais prestigiadas editoras portuguesas.. Está presente em quase todos os países de língua portuguesa. No Brasil, o grupo LeYa atua em edições escolares e no mercado de interesse geral, por meio dos selos LeYa e Lua de papel e as parcerias com Casa da Palavra e Barba Negra. www.leya.com.br



*
*
*
Publicidade:

domingo, 30 de setembro de 2012

EDIÇÕES SM RECEBE 6 INDICAÇÕES AO PRÊMIO JABUTI 2012



 A Câmara Brasileira do Livro divulgou nesta semana a lista com os dez finalistas de cada uma das 29 categorias do prêmio Jabuti 2012, uma das mais importantes e tradicionais premiações da literatura brasileira. Edições SM integra a relação das editoras com obras indicadas, um total de seis títulos nas categorias: “ilustração infantil e juvenil”, “infantil” e “juvenil”.

As indicações para o prêmio Jabuti representam um marco para a editora. “Ficamos muito felizes com a quantidade de indicações”, comenta Claudia Ribeiro Mesquita, gerente editorial de literatura infantojuvenil. “Esse número expressivo de certo modo reflete o acerto na seleção de títulos de qualidade para integrar o catálogo da SM Brasil”, completa a editora

As indicações

Na categoria “Infantil”, Edições SM concorre ao prêmio com três livros: Mil e uma estrelas, de Marilda Castanha, Alice no telhado, de Nelson Cruz, ambos autores e ilustradores mineiros, e Votupira – o vento doido da esquina, do poeta gaúcho Fabrício Carpinejar.
Na categoria “juvenil”, o indicado foi Nem um nem outro, da escritora paulista Suzana Montoro. Por fim, na categoria de “Melhor ilustração de livro infantil” ou juvenil, concorre ainda o já mencionado Mil e uma estrelas, que, acumulando duas indicações, revela o duplo talento da autora.


*
*
*
Publicidade:

terça-feira, 26 de junho de 2012

Del Candeias lança livro dia 28 de junho



Nesta quinta-feira, dia 28, no bar Canto Madalena, Del Candeias lançará o livro de contos “Dois de Novembro”. São quatorze textos, que têm em comum a presença da morte. 

Del Candeias, 30, escreveu o livro de poesia Uma dose de cortisol e uma porção de serotonina (Com Arte, 2006) e o romance A Louca (Annablume, 2007). O autor também publicou um conto na coletânea Antologia M(ai)s Sadomasoquista da Literatura Brasileira e alguns poemas no jornal “O Casulo” e na revista “Celuzlose”.

Quando: 28/06/12 a partir das 19h 
Onde: Canto Madalena (Medeiros de Albuquerque, 471)
Título: Dois de novembro
Editora: Patuá
Preço: R$ 28
Onde comprar: pelo site http://www.editorapatua.com.br/

segunda-feira, 14 de maio de 2012

“Garotas sérias”, de Maxine Swann, é um mergulho atraente no mundo interior de duas adolescentes


O novo lançamento do selo Essência, da editora Planeta, aborda a forte amizade entre Maya e Roe e a jornada de amadurecimento dessas duas garotas especiais.

“Quando é que a vida toma o seu curso?”, pergunta-se a adolescente Maya, solitária no colégio interno para o qual foi mandada por insistência de sua excêntrica avó. A garota de 16 anos sente como se uma página em branco tivesse sido aberta em sua vida. O romance Garotas sérias, da autora norte-americana Maxine Swann (Planeta/Essência, 256 págs., R$ 34,90), não responde à questão, mas avança sobre dúvidas da juventude e o árduo caminho para o amadurecimento.

Criada em um local remoto no interior dos Estados Unidos por sua mãe, uma mulher de hábitos hippies e emocionalmente distante da filha, Maya vê a si mesma completamente isolada nesse colégio frequentado apenas por meninas ricas divididas em panelinhas como “as perfeitas”, “as excluídas” e “as perdidas”, estas últimas deslocadas no meio das duas primeiras categorias, transitando de uma à outra.

É quando Roe, outra “forasteira”, torna-se a melhor amiga e confidente de Maya. Desse momento em diante, as duas garotas começam a trocar histórias de vida e a especular sobre o que realmente significa crescer e “virar gente”. Como elas poderão se transformar em “pessoas”, com estilos e personalidades diferentes dos daquelas colegas de escola, tão padronizadas.

O desejo de acelerar o relógio do tempo e virar adultas leva as duas amigas muito além do mundo fechado do colégio interno, até o vilarejo local e também à cidade grande mais próxima, onde elas passam a experimentar de tudo: fazer compras em brechós; confrontar seus medos ao assumir diferentes identidades e modos de se vestir; e saber mais sobre sexo e relacionamentos.

As duas garotas passam a testar o precário limite entre a afirmação de suas personalidades e a total desintegração delas. Envolvem-se em diferentes relacionamentos, alguns perigosos, dos quais elas se livram a tempo, cada vez mais sábias e seguras da força de sua amizade e de sua curiosidade perante a vida.

Maxine Swann escreve com imparcialidade natural e beleza poética tanto sobre as grandes questões da vida quanto sobre o significado de pequenos gestos. E, por meio da voz de Maya, conta a difícil, porém elegante, história de amadurecimento de duas jovens mulheres, honestas e sedentas por se destacarem das demais colegas da mesma idade.

Sobre a autora

Da mesma forma que as crianças de seu livro mais famoso, Filhos de hippies (lançado pela Planeta em 2011), Maxine Swann nasceu em 1969 e cresceu na zona rural da Pensilvânia. Já recebeu importantes prêmios, como o Harold D. Vursell Memorial Award, da Academia Americana de Artes e Letras; o Cohen Award, da revista literária Ploughshares, por melhor ficção do ano; o O. Henry; e o Pushcart Prize.

Lançado agora no Brasil, Garotas sérias, de 2003, foi o seu primeiro romance. Maxine já morou em Paris e no Paquistão, e vive hoje em Buenos Aires, na Argentina.



Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

terça-feira, 10 de abril de 2012

Ipea lança livro sobre Gestão do Conhecimento nesta quarta-feira


A publicação contém ainda um manual de implementação da GC na administração pública brasileira
Nesta quarta-feira, 11, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) lança o livro Modelo de Gestão do Conhecimento para a Administração Pública Brasileira, às 9h30,  no auditório do subsolo na sede do Instituto, em Brasília ( SBS, Q. 1, Bl J, Ed. BNDES). A publicação é de autoria de Fábio Ferreira Batista, técnico de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Desenvolvimento Institucional (Dides) do Ipea. A abertura do evento será feita pelo presidente do Instituto, Marcio Pochmann, pelo diretor da Dides, Geová Parente Farias, e também pelo reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alvaro Toubes Prata. É necessária a confirmação de presença pelo e-mail: eventos@ipea.gov.br. O lançamento será transmitido ao vivo por meio do portal: www.ipea.gov.br.
O autor pesquisa o tema da gestão do conhecimento desde 2003, e participou de publicações sobre o assunto no Instituto nos anos de 2004 a 2007. "O livro apresenta uma proposta para a gestão do conhecimento nas administrações públicas, e tem a finalidade de ajudar os órgãos públicos a implementar essa gestão", explica Fábio Batista.

Ele conta que o estudo foi elaborado durante o pós-doutorado em Gestão do Conhecimento, em 2011, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Além da proposta, a obra conta com um manual para a implementação da GC nas administrações governamentais, que é adaptado de forma a servir aos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), e às administrações diretas e indiretas dos níveis estatuais e municipais. "O livro é específico para a gestão pública, tem foco em resultados e no benefício dessa gestão para os cidadãos", definiu Batista.

Também participam do evento o professor do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (EGC/UFSC), Neri dos Santos, e a presidente da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC), Sônia Wada. A mediação da mesa ficará a cargo de Fernando Ferreira, gerente Executivo do Gabinete da Presidência da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
www.ipea.gov.br

Fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada fornece suporte técnico e institucional às ações governamentais - possibilitando a formulação de inúmeras políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiro - e disponibiliza, para a sociedade, pesquisas e estudos realizados por seus técnicos.


Cursos Online na área de Ciências Biológicas e da Saúde

terça-feira, 3 de abril de 2012

MANUAL DE DIVULGAÇÃO DO MÚSICO POBRE - FAÇA VOCÊ MESMO

Cover_front_medium

A jornalista e blogueira Claudia Souza lançou o MANUAL DE DIVULGAÇÃO DO MÚSICO POBRE, que ensina aos profissionais da música, técnicas e dicas simples para compor um release, identificar o público alvo e alerta para os pequenos erros que a maioria dos artistas na fase emergente cometem.


"Pequenos detalhes como exageros na composição do texto, fotos de má qualidade, entre outros, impedem que jornalistas de veículos de comunicação interessem-se em divulgar os trabalhos de artistas talentosos que acabam perdendo a chance de alavancarem as suas carreiras." Disse a autora.

O livro pode ser adquirido através do site da Agbooks e Clube dos Autores.

UMA NOVA VISÃO DO APOCALIPSE MAIA PARA 2012



“2012: Nas cortes do sol”, de Brian D´Amato, é baseado na previsão maia que indica o fim do mundo para 21 de dezembro de 2012. Mas, ao invés de investir no significado esotérico e no sensacionalismo em torno do chamado “Apocalipse Maia”, como muitos livros e filmes já fizeram, “2012: Nas cortes do sol” aposta no vigor ficcional para contar uma história capaz de seduzir tanto aos apaixonados pelos mistérios da cultura maia quanto aos apreciadores de jogos de estratégia e avanços tecnológicos e digitais. Jed DeLanda, o herói dessa história, vive em 2012 como um gênio matemático que se especializou em jogos de estratégia e tem como arma secreta um ritual divinatório dos maias chamado “Jogo do Sacrifício”. Através desse ritual, os maias faziam predições sobre o nascimento e a morte das civilizações. Mas Jed vai se deparar com um mistério ainda mais amplo ao ser chamado por seu mentor, Taro Mora, para conhecer uma projetista de jogos chamada Marena Park, que lhe fala de uma predição ainda mais antiga registrada num códice recém-descoberto e que poderia ser detectada pelo uso do mesmo “Jogo do Sacrifício”. Taro Mora reúne uma equipe de cientistas para que Jed viaje no tempo, de 2012 até 664 d.C., por meio de uma réplica de suas ondas mentais projetada numa fenda no contínuo espaço- tempo chamada desktop wormhole. Tudo vai bem até que, ao invés de penetrar na mente de um rei maia, Jed penetra na mente de um jogador de futebol maia que está prestes a sofrer um sacrifício num templo da antiga civilização. Além de escapar por pouco de uma catástrofe radioativa e evitar uma ameaça de extinção que pesa sobre todos os povos, o autêntico herói Jed se debate com sua missão num mundo de enormes possibilidades. O livro não se restringe à sua fantástica aventura, mas também apresenta detalhes impactantes sobre o modo de vida dos maias, seu código de comunicação, glossário com palavras utilizadas ao longo da narrativa, explicações de pronúncias e mapas indicando os nomes maias para acidentes geográficos e lugares registrados em espanhol, situados na América Central, Golfo do México, Golfo de Honduras e Oceano Pacífico. Além disso, especula sobre o caráter dos jogos eletrônicos e as possibilidades infindáveis da tecnologia sobre viagens impossíveis no tempo. SOBRE O AUTOR Não apenas um escritor, mas também um artista plástico, Brian D’Amato fez sucesso com seu primeiro romance, Beauty (Beleza), publicado em 1992. Como artista plástico, ele se especializou em esculturas e instalações tridimensionais que têm sido vistas em todos os museus do mundo, e foi um dos responsáveis pela introdução da “realidade virtual” como um modo de expressão artística inteiramente novo no circuito das galerias e museus importantes do EUA. Ele também lecionou arte e história da arte em universidades de Nova York, Ohio e Yale e seus artigos foram publicados em várias revistas americanas importantes como Harper´s Bazaar e Vogue. 2012: NAS CORTES DO SOL Autor: Brian D’amato Gênero: Romance Formato: 15,6 x 22,4 cm. Páginas: 800 ISBN: 978-85-8130-019-1 Código de barras: 978-85-8130-019-1 Sinopse: NO MUNDO DE 2012, UM MATEMÁTICO VIAJA NO TEMPO ATÉ A CIVILIZAÇÃO MAIA PARA IMPEDIR UMA CATÁSTROFE SEM PRECEDENTES No ano de 2012, um matemático sofisticado, especializado em jogos de estratégia em computadores, conhecedor de artefatos divinatórios da civilização maia, investidor em ações on-line, está diante da maior missão de sua vida: impedir que uma antiga predição, num códice recém-descoberto, se cumpra. Para isso, uma equipe de cientistas fará com que ele viaje no tempo até o ano de 664 d.C., para a antiguidade maia, onde se deparará com inúmeros mistérios e uma aventura fantástica como poucas. Este é o romance de Brian D´Amato, artista plástico, estudioso da civilização maia, que forjou uma narrativa de tirar o fôlego dos apreciadores de ficção científica e romances épicos envolvendo antigas civilizações misteriosas. Curso online de Cultura Religiosa

domingo, 25 de março de 2012

Reality books lança o livro “Vilma: Os Anjos Vão Embora Mais Cedo”

Com prefácio da empresária Mônica Baumer, o livro inaugura um novo gênero literário: o livro-homenagem



A jornalista Silvia Angerami lançará, na próxima segunda-feira (9/4) às 19h, o livro “Vilma: Os Anjos Vão Embora Mais Cedo”, na livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, em São Paulo. A data escolhida para a noite de autógrafos é o aniversário de dois anos do falecimento de Vilma, comadre da autora, a homenageada nesta obra. “Nós iríamos escrever juntas o livro “Como Venci o Câncer”. Mas como infelizmente não foi possível, então decidi escrever o livro em homenagem à minha querida amiga e comadre, também como uma forma de servir de consolo àquelas pessoas que perdem entes queridos para o câncer”, afirma a autora.

Durante alguns anos, Vilma lutou com todas as suas forças materiais e espirituais contra a doença, mas o livro não se resume a contar esse drama. Por meio de entrevistas com amigos e familiares, além da enfermeira que explica o que são, afinal, os cuidados paliativos, Silvia traça um panorama da vida dessa mulher que deixou marido e três filhos e discute a aceitação da morte, assunto muitas vezes considerado tabu pela nossa sociedade.


Com prefácio assinado pela empresária Mônica Baumer, uma das melhores amigas de Vilma, e capa baseada em uma aquarela de Adriana Viana, o livro retrata uma realidade comum a todos aqueles que veem partir um ente querido “antes da hora”. “Embora a gente saiba que somente Deus sabe a hora certa da partida de cada um de nós desta nave que nos conduz pela fantástica viagem da Vida, algumas pessoas especiais parece que são chamadas em um tempo que nos parece mais curto do que o habitual e isso pode causar revolta e dor”, reflete Silvia Angerami. Onde encontrar consolo? Como represar nossas lágrimas de tristeza pela ausência daquela pessoa tão querida que se foi? Silvia resolveu lidar com essa dor escrevendo esse livro-homenagem, que poderia até mesmo ser chamado de um novo gênero literário.
“Que a Vilma, onde quer que ela esteja, receba as nossas vibrações de amor e de saudades e que saiba que ela é sim uma pessoa especial, um anjo que voltou para a pátria espiritual mais cedo do que gostaríamos”, complementa a autora.


O livro conta ainda com um texto de Antônio Benjamin Diomede sobre a Tanatologia, explicando esse conceito que ajuda a desmistificar a morte. O livro foi patrocinado pela família da homenageada. A renda será toda revertida para o GRAACC –

Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer.
Terceiro título da Reality Books
A editora Reality Books – como o nome sugere – lança apenas livros de não-ficção. Depois de “Cinco Cinco, Memórias de uma Brasileira em Londres”, em 2010, e do livro comemorativo “Seara Bendita: 60 anos de amor lapidando espíritos”, em 2011, agora é a vez desse novo volume, que inaugura o gênero livro-homenagem.


Trecho:

Ela me contou que um dia, a Vilma estava observando as nuvens no céu, e disse assim:

- Mãe, tá vendo aquela nuvem ali? Eu vou descansar em uma daquelas nuvens, mãe.
Ontem, no instante em que o túmulo era fechado, levantei meus olhos marejados em direção ao céu. O céu, de um azul profundo, estava pontuado por nuvens muito brancas e luminosas. Certamente, naquele momento a Vilma já estava amparada, abrigada e agasalhada em uma daquelas lindas nuvens. Não sei se além de mim alguém mais elevou os olhos para o céu naquele instante. Mas a paz que senti é indescritível. Ela vem da certeza de que a Vilma ficará bem. Muito melhor do que estava em seus últimos dias aqui com a gente.


LANÇAMENTO – noite de autógrafos

Data e horário: 9/4 (segunda-feira) às 19h
Local: LIVRARIA CULTURA - SHOPPING VILLA-LOBOS
Endereço: Av. Nações Unidas, 4777, Jardim Universidade Pinheiros - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3024-3599



FICHA TÉCNICA

ISBN: 978-85-65103-01-5Idioma: Livro em português
Encadernação: Brochura
Formato: 14 x 21
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2012
Preço: R$ 36,00

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

ATRÁS DE ESTRELAS TALENTOSAS

Editora Évora explica a difícil arte de reter talentos no mundo corporativo

Ao analisar as carreiras e entrevistar profissionais de bancos de investimentos de Wall Street, Boris Groysberg, professor em Harvard, concluiu que profissionais-estrela, esses que fazem a diferença dentro de uma organização, quando mudam de empresa, sofrem um declínio imediato em sua performance e isso acontece por conta da diferença de culturas organizacionais ou das redes de contato ou dos colegas de trabalho ou por conta de outros recursos que estavam acostumados mas que pertencia ao antigo empregador, ou ainda pela conjunção de todos esses fatores. O resultado disso é que muitos dos executivos quando recebem uma proposta mais vantajosa de emprego, costumam carregar consigo a equipe que o apoiava na empresa anterior.

A Editora Évora traz Perseguindo Estrelas de Boris Groysberg, que oferece ao leitor orientações e insights sobre a natureza fundamental para se compreender a performance. A obra traz também orientações práticas para os indivíduos sobre como gerenciarem suas carreiras de forma estratégica e para as empresas revela como identificar, desenvolver e reter talentos.

Segundo o autor, “o livro começou com um esforço para identificar um mercado de trabalho adequado em que fosse possível comparar o desempenho de profissionais excepcionais antes e após uma mudança para um novo emprego. Se realizado de maneira rigorosa, o estudo poderia revelar muito sobre a portabilidade de talento e até mesmo sobre o talento em si. Entretanto, esse mercado de trabalho teria de preencher vários requisitos”.

Perseguindo Estrelas – O mito do talento e a portabilidade do desempenho de Boris Groysberg traz também orientações práticas para os indivíduos sobre como gerenciarem suas carreiras de forma estratégica e para as empresas revela como identificar, desenvolver e reter talentos e oferece orientação prática para os indivíduos sobre como gerenciar suas carreiras estrategicamente, e às empresas sobre como identificar, desenvolver e manter talentos.

SOBRE O AUTOR
Boris Groysberg é professor de administração de empresas da Harvard Business School na área de comportamento organizacional, lecionando gestão do capital humano no MBA e em outros programas de educação executiva. Dedica-se a pesquisar gestão de talentos e gestão estratégica de recursos humanos. Publicou mais de 60 artigos e estudos de caso em periódicos de renome internacional como Harvard Business Review, MIT Sloan Management Review, Organization Science e Wall Street Journal. Trabalhou na IBM e atua também como consultor. Possui doutorado em administração de empresas pela Harvard Business School e graduação em contabilidade pela New York University.

SOBRE O LIVRO
Título: Perseguindo estrelas
Subtítulo: O mito do talento e a portabilidade do desempenho
Autor: Boris Groysberg
Assunto: gestão, gestão de pessoas, recursos humanos, trabalho, comportamento organizacional.
Preço: R$ 99,00
Páginas: 448
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-63993-28-1
Edição: 1ª
Acabamento: Brochura

Curso online de Leitura, Interpretação e Produção de Textos