Assista nosso Programa

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Entrevista de Dilma ao Fantástico coloca ações em prol do livro no topo da agenda, diz presidente da CBL

ParaKarine Pansa, carinho da presidente pela Biblioteca do Alvorada mostra que leitura pode ganhar mais espaço no Brasil

A presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Karine Pansa, classificou como “animadora” a entrevista da presidente da República, Dilma Rousseff, ao Fantástico, veiculada neste domingo, 11. Na conversa com a apresentadora Patrícia Poeta, Dilma revelou seu carinho pela Biblioteca do Alvorada.

“A fala da presidente é animadora, pois demonstra que o incentivo à leitura pode ter um papel estratégico dentro do atual governo”, pontuou Karine. Entidade representativa do setor editorial, a CBL tem trabalhado com vários órgãos do governo em ações para expandir o alcance do livro no Brasil. “A discussão sobre o acesso ao conhecimento merece um lugar no topo da agenda nacional. Nesse sentido, é muito gratificante saber que nossa presidente valoriza o livro e os espaçosdedicados à leitura”, completou Karine.

Na entrevista, Dilma disse ter feito um “esforço” para se acostumar a ler em tablets, mas ressalvou: “Eu gosto de página, gosto de papel, gosto do cheiro de papel. Uma coisa de infância, sabe?” A presidente deu a declaração ao ser questionada sobre seu ambiente preferido no Palácio da Alvorada. “A biblioteca. Acho aquela biblioteca muito bonita também. É um local muito bom; eu gosto muito de conviver com livro”, disse a presidente.

“Nossa expectativa é de que o carinho da presidente Dilma pelos livros e pela leitura continue a se converter em políticas públicas capazes de transformar o Brasil em um país de leitores”, acrescentou Karine.