Assista nosso Programa

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Quando ciência e religião se encontram

Com uma leitura que prende do início ao fim, O Anjo Perdido, do espanhol Javier Sierra, é uma ficção com base em pesquisa histórica, elementos de mistério, ciência e religião em uma saga onde toda a humanidade corre risco..

Prepare-se para uma narrativa eletrizante que se passa em apenas 72 horas. Este é o tempo que a restauradora Julia Álvarez tem para finalizar a busca por duas pedras antigas que vão ajudar no resgate de seu marido sequestrado – e impedir um desastre natural que pode atingir toda a humanidade. Essa é a tônica do livro O Anjo Perdido (Editora Planeta, 432 páginas, R$ 39,90), de Javier Sierra.

Na Noite de Todos os Santos, Julia trabalha na restauração de algumas esculturas do Pórtico da Glória, em plena Catedral de Santiago de Compostela. Um estranho invade a igreja, falando uma língua desconhecida. Tem início um violento tiroteio.

O marido dela, o climatólogo Martin Faber, havia sido sequestrado por devotos de um grupo religioso da Armênia. O motivo? Um conjunto de pedras antigas, com supostos poderes sobrenaturais. O agente americano Nicholas Allen vai à Espanha para tentar resolver o caso e alerta Julia de que a vida dela também corre risco.

Nas próximas horas, Julia mergulha na missão de buscar as pedras antigas – chaves para o resgate de seu marido. Ela empreende uma viagem e acaba descobrindo que o mistério que envolve as pedras está totalmente ligado às suas descobertas sobre a deterioração das esculturas da Catedral de Santiago de Compostela.

A saga acaba levando-a a uma encruzilhada entre a ciência, o catolicismo e seitas orientais, com direito a uma linguagem pré-bíblica – talvez a dos anjos – que ela precisa desvendar. E Julia precisa chegar ao topo do monte Ararat, na Turquia, onde está escondido um dos maiores segredos da humanidade.

De tirar o fôlego, a leitura prende do início ao fim. Apesar de se tratar de uma ficção, todo o romance está embasado em uma pesquisa histórica minuciosa e elogiada por especialistas.

Sobre o autor:

O autor espanhol Javier Sierra é jornalista, escritor e pesquisador, especializado em simbologia de mistérios antigos. Em 2006, seu romance A ceia secreta ficou entre os dez mais vendidos da lista do New York Times e foi publicado em 42 países. Apenas com os títulos do grupo Planeta, ele já vendeu mais de meio milhão de exemplares. No momento, realiza um tour de autógrafos de O Anjo Perdido pela Espanha, a bordo de um ônibus promocional especialmente preparado para a divulgação do livro.

No Brasil, A Editora Planeta publicou “A dama azul” em 2009.

Um comentário:

Deixe a sua opinião!