Assista nosso Programa

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Alê Abreu e Priscilla Kellen autografam livro infantil no próximo dia 07

Autores fazem brincadeiras visuais para falar das transformações na vida para crianças

Mas Será que Nasceria a Macieira?, ilustrado e roteirizado por Alê Abreu e Priscilla Kellen, mostra a passagem do tempo e as muitas transformações da natureza de maneira sensível. Com desenhos, pinturas, recortes e colagem os autores contam histórias de um lugar, de pessoas e até de uma árvore – a macieira.

No próximo dia 07 de novembro, às 16h, seus criadores vão bater um papo com os leitores e autografar esse novo lançamento infantil na Livraria Cultura do Bourbon Shopping São Paulo.
A semente de uma maçã deixada no gramado depois de um piquenique é o enredo principal de uma bonita história entre pai e filha. O livro mostra a transformação na vida da família e a mudança da paisagem rural para a urbana no decorrer de vários anos. São 32 páginas de imagens que estimularão os pequenos leitores a descobrir que o tempo pode trazer transformações que irão ajudar ou prejudicar toda uma sociedade. As crianças poderão inventar as suas próprias histórias de acordo com a abrangência visual que terão da obra.

Sobre os autores: Alê Abreu é ilustrador e faz filmes de desenho animado como o longa-metragem Garoto Cósmico, lançado nos cinemas em 2008 e já em livro pela FTD. Atualmente está preparando um novo filme e uma série para TV, Vivi Viravento.

Priscilla Kellen é ilustradora e designer gráfico. Quando estudava na faculdade teve a idéia para uma música que alguns anos depois acabou se transformando neste livro.
Serviço
Lançamento Mas será que nasceria a Maciera?
Dia: 07/11/2010 – domingo
Horário: 16h
Local: Livraria Cultura do Bourbon Shopping São Paulo
Rua: Turiassu, 2100 – Perdizes
Informações: (11) 3868-5100

Mas Será que Nasceria a Macieira?

Autores e ilustradores: Alê Abreu e Priscilla Kellen

Páginas: 32

Preço sugerido: R$ 23,70

Editora FTD – SAC 0800-158555

Floresta de Livros patrocinada pelo Instituto Pró-Livro ganha prêmio

A Floresta de Livros, instalação sobre livros e narrativas infantojuvenis criada para a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro em 2009 e patrocinada pelo Instituto Pró-Livro – IPL venceu o Prêmio Colunistas Design na categoria Design Ambiental do Ano. O trabalho vencedor teve a curadoria do escritor João Alegria, supervisor artístico do Canal Futura, e criação e execução cenográfica da agência Pândega.

O espaço ofereceu às crianças e adolescentes a oportunidade de se encantarem com a leitura, descobrindo o livro como uma tecnologia contemporânea. Uma rota cheia de descobertas levou os visitantes da Bienal à Grande Floresta. O local foi, literalmente, um emaranhado de narrativas acessadas de diferentes maneiras no percurso composto pelos espaços, Histórias Faladas, Salas Secretas, Xadrez de Palavras e a Grande Clareira. A apresentação teatral composta por acrobacias e esportes radicais, músicas e figurinos fantásticos, que também acontecia no espaço, surpreendeu e encantou os visitantes.

Fonte: Jô Ribes