Assista nosso Programa

domingo, 20 de junho de 2010

Um D.Pedro II que poucos conhecem

Editora DCL lança O Príncipe Triste contando a história do solitário menino que foi feito imperador aos 14 anos de idade.

Aos 14 anos, uma viagem a Petrópolis para conhecer o Palácio Imperial serviu de inspiração para que o autor Rui de Oliveira escrevesse o livro O Príncipe Triste, que está sendo lançado pela editora DCL (Difusão Cultural do Livro), contando a história de D.Pedro II, grande personagem da História brasileira que foi feito Imperador aos 14 anos de idade. A obra possui também textos históricos escritos pela antropóloga Lilia Moritz Schwarcz que ajudam a contar a vida do Imperador.
Trabalhando com a ficção e realidade, Rui de Oliveira trata em O Príncipe Triste dos momentos extremos da vida de D. Pedro II: sua precoce coroação aos 14 anos e seu humilhante banimento do país, aos 64 anos de idade. “A criação sempre passa pela memória e pela imaginação, e eu gosto de trabalhar com estes dois universos. O real — não o realismo — é sempre o caminho mais legítimo à fantasia e ao imaginário. Você só acredita no fantástico se ele for crível em sua fantasia. Acho que em O Príncipe Triste consegui esta abordagem do imaginário por meio de fatos reais”, explica o autor.
Uma das intenções do livro é mostrar aos pequenos leitores o verdadeiro valor que o Imperador tem para a história brasileira e que poucos conhecem. “Pretendi realizar um livro que expressasse aos jovens leitores a dimensão humana, as contradições, fraquezas e grandezas do nosso Imperador. Ele, sem dúvida, foi um dos personagens mais trágicos, mal compreendido, profundamente humilhado e ofendido de nossa História, apesar de ter sido amado pelo povo”, enfatiza.
O livro retrata o encontro imaginário de D. Pedro II com Helena Costa, uma menina que cursava a segunda série ginasial do colégio D. Pedro II do Rio de Janeiro, que participou de um concurso de cartazes e, como prêmio, ganhou uma visita ao Palácio Imperial. Entre as peças expostas, um quadro chamou a sua atenção: deparou-se com um retrato de D.Pedro II ainda menino, “com o rosto sério e compenetrado”, com uma fisionomia que parecia triste. Depois de alguns minutos de observação, a pequena Helena ouve uma voz chamando-a: era o pequeno Imperador. Os dois trocam confissões e viram amigos. A partir desse encontro surge uma história mágica e encantadora.

Impressões do autor

Como imaginário e realidade se interligam em O Príncipe Triste, a história de Helena se confunde com a de Rui de Oliveira. As suas impressões estão presentes, por exemplo, no momento em que conta como foi a ida ao Palácio Imperial. “Impressionaram-me muito os quadros, as pinturas históricas, os móveis e salões e, principalmente, o deslizar das pantufas. Simbolicamente, naquele momento comecei a fazer este livro”, conta. Ele, inclusive, é representado na obra aos 14 anos junto com outros coleguinhas de sala. “Todos foram personagens reais, pintados de memória. Inclusive minha mãe, ilustrada nas páginas 5 e 7”.
Criar o livro não foi tarefa fácil. O autor preocupou-se com todos os detalhes: desde o texto até as ilustrações documental, histórica e figurativa. Foram três anos para a realização do trabalho, incluindo estudos, pesquisas e arte final das ilustrações. Valeu a pena. Rui de Oliveira retrata com perfeição todos os detalhes da época. “Pessoalmente, eu tenho muitos livros sobre indumentária, mobiliário, bem como arquitetura de interiores. Sou muito detalhista. Os tipos de tecidos que utilizo nas roupas eu gosto de caracterizá-los bem. Dedico muito tempo ao estudo de seu brilho, da textura e do drapeamento”, detalha.
Dando mais detalhes de D. Pedro II, o autor contou com a pesquisa da antropóloga e históriadora Lillia Moritz Schwarcz que, segundo Oliveira, materializou o perfil histórico da trajetória de vida do Imperador. “Isto foi conceitualmente muito importante na concepção final do livro. Ela deu veracidade à fantasia real da primeira parte”, justifica o autor. “O trabalho foi muito prazeroso, pois nada como tomar uma pesquisa de ‘adultos’ e traduzi-la para o universo infantil. Gostei também pela mistura de ficção e não ficção e pelo aspecto lúdico e onírico do livro”, endossa Lilia Moritz. A historiadora, para contextualizar o leitor, ainda traz imagens de D.Pedro II que foram coletadas no Museu do Ipiranga, Biblioteca Nacional, Museu Mariano Procópio e em algumas coleções privadas.
Uma das maiores satisfações de Rui de Oliveira é poder mostrar aos leitores um dos maiores estadistas que o Brasil já teve; uma personalidade que merece todo o apreço dos brasileiros e destaca suas qualidades. “Basta ler as crônicas dos viajantes de diversos países que estiveram no Brasil e conheceram D. Pedro II. Todos elogiam a sua personalidade, grande erudição e extrema simplicidade. Isto sem mencionar o seu alto espírito democrático. Ele foi o nosso primeiro grande estadista”, finaliza.


FICHA TÉCNICA:
Título: O Príncipe Triste
Texto e Ilustração: Rui de Oliveira
Textos Históricos: Lilia Moritz Schwarcz
Nº de Páginas: 40
Acabamento: Brochura com verniz
ISBN: 978-85-368-0359-3
Preço: R$ 25,90

A nova redação empresarial

Chega a nova edição de Redação empresarial — obra bem-sucedida no mercado, que se tornou referência para estudantes e profissionais que queiram redigir documentos oficiais e administrativos das mais diversas áreas de modo coerente e direto.

Com linguagem acessível e didática bem estruturada, Miriam Gold apresenta uma metodologia simples e funcional para escrever textos claros, objetivos e concisos — adequados às necessidades do mundo corporativo atual. Além disso, enfoca vícios de linguagem frequentes e dúvidas comuns sobre normas gramaticais.

Entre as novidades da quarta edição, destacam-se exercícios para a fixação do conhecimento, novos capítulos específicos para solucionar as principais dúvidas relacionadas à Nova Ortografia e um exclusivo site de apoio ao material do livro.


Sobre a Pearson
A Editora Pearson está presente em 50 países, oferecendo conteúdo de qualidade para estudantes e instituições de ensino em 13 idiomas. Instalada no Brasil desde 1996, a Pearson publica livros nas áreas de ensino da língua inglesa, com o selo Longman; informática, com o selo Prentice Hall; negócios, com o selo Financial Times/Prentice Hall, e universitária, com os selos Prentice Hall e Addison Wesley.

Ficha técnica
Título: Redação empresarial, 4ª ed.
Número de pág.: 256
Preço: 59,00
Editora: Pearson Education
Selo: Prentice Hall

Sobre a autora
Mirian Gold é formada em letras vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-graduada em língua portuguesa e linguística do texto, em educação e qualidade na empresa, e em teoria psicanalítica. Além de escrever em diversos periódicos, ministra palestras e treinamentos voltados à comunicação por todo o Brasil

Livro infantil aborda a dificuldade de algumas crianças para fazer amizades

“Anita Bocadura” mostra, de forma simples e divertida, a questão da sociabilidade infantil

Infância. Quando alguém pensa nessa época, provavelmente a primeira lembrança são as brincadeiras com os amigos. Mas o que acontece com uma criança que não tem colegas, nem ninguém para brincar? Como ela conseguiria resolver essa situação? O livro “Anita Bocadura”, da escritora e educadora Mariângela Bueno, trata exatamente desse delicado tema.

Anita é uma garotinha esperta e alegre, mas não é muito feliz. Sem irmãos e amigos, ela muitas vezes se sente sozinha, principalmente nas férias, quando não tem nada para fazer, e ninguém para brincar com ela. A história, no entanto, se transforma quando Anita consegue resolver seu problema, com a ajuda de alguém muito especial.

O livro, que é recomendado para crianças a partir dos cinco anos de idade, conta com ilustrações lúdicas e divertidas de Eliza Freire, e faz parte da coleção “Moral da História”, da Callis Editora.


Serviço
Livro Anita Bocadura
Callis Editora
Autor: Mariângela Bueno
Ilustrações: Elisa Freire
21 cm x 28 cm
24 páginas
Preço sugerido: R$ 21,00

LANÇAMENTO DO LIVRO "CIDADÃO POLICIAL"

Ilustradora coreana apresenta conceitos e técnicas de ilustração de livros infantis para brasileiros

Workshop realizado pelo Instituto Callis tem como objetivo estimular o intercambio de processos criativos entre os profissionais da área

Pela primeira vez, o Instituto Callis realizou um workshop de ilustração gratuito com a presença de uma artista coreana. Ao todo, 13 participantes entre ilustradores, autores e diagramadores receberam a especialista Yang-Hye-Won, em São Paulo.

A iniciativa visou à troca de experiências entre dois universos distintos. Além de apresentar seu trabalho e as técnicas utilizadas, a coreana debateu com os profissionais brasileiros o modo de criação e de produção das ilustrações, questões sobre mercado de trabalho, dificuldades da carreira e do relacionamento entre profissionais da área.

“Após a enriquecedora experiência do encontro, o Instituto Callis pretende programar outros workshops, não apenas com profissionais internacionais, mas também artistas brasileiros de modo a tornar essa arte menos solitária”, afirma Ailton Guedes, coordenador do projeto.

Prepare-se para passar

Livro da Editora Fundamento ensina como passar em concursos e provas

“Não passei por duas perguntas”, “deu branco na hora do teste”, “caiu justamente a questão que eu não estudei”. Essas são algumas das justificativas mais frequentes de quem fez e não conseguiu passar em concursos públicos. Para auxiliar aqueles que desejam passar em testes decisivos, mas não sabem como enfrentar as dificuldades dessa tarefa, o autor Fred Orr escreveu o livro Prepare-se para passar! Como sair vitorioso em provas e concursos, lançado no Brasil pela Editora Fundamento.
Orr desenvolveu uma série de técnicas, baseadas em princípios cognitivos e comportamentais, que auxiliam o leitor a entender melhor o processo de estudo e aprendizagem. A edição brasileira da obra conta ainda com conteúdo exclusivo que apresenta características dos concursos públicos realizados no país e que trazem informações valiosas para quem pretende ingressar na área.
Os capítulos extras foram escritos por dois profissionais que conhecem muito bem concursos públicos nacionais: a professora Roseli Maria Ferreira Lopes, formada pela USP e mestra em literatura brasileira com 30 anos de experiência no Ensino Médio e pré-vestibular, e o engenheiro Paulo César Pereira, que já foi aprovado em 25 concursos públicos.
Prepare-se para passar! também apresenta dicas práticas para manter o equilíbrio emocional, ensinando como superar o temido branco e demais crises de pânico durante os testes, ajuda a fortalecer a memória, como administrar o tempo de maneira eficaz e produtiva e a lidar com diferentes tipos de testes, mantendo o foco e concentração. São 144 páginas, que incluem o capítulo a “A arte de marcar x”.

Editora: Fundamento
Páginas: 144
Autor: Fred Orr com Roseli Maria Ferreira Lopes e Paulo César Pereira
Preço sugerido: R$ 38,00
Site: www.editorafundamento.com.br
blog.editorafundamento.com.br
twitter.com/_fundamento