Assista nosso Programa

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Indicadores de Desempenho de Processos de Planejamento (Qualitymark Editora)

Em uma organização, a elaboração e a execução de planos são partes do planejamento empresarial. Do sucesso dessas ações, provêm os níveis de produção, vendas, receitas e demais resultados operacionais e financeiros das empresas. Por isso, indicadores e métricas de desempenho são necessários em todas as etapas do projeto, para medir os objetivos alcançados, métodos utilizados e fazer correções necessárias.

Com o passar do tempo, os planos se tornaram mais sofisticados e mensurar os resultados do planejamento passou a ser uma tarefa muito mais complexa, uma vez que as próprias atividades das empresas evoluíram. Em Indicadores de Desempenho de Processos de Planejamento, Iony Patriota propõe uma metodologia de avaliação e um conjunto de indicadores destinados a mensurar o desempenho de processos de planejamento de forma simples, mas eficaz.

São cinco estudos de caso (oriundos de uma importante empresa do setor elétrico brasileiro) que ilustram a aplicação da metodologia de avaliação do autor. O conceito é formado por um conjunto de indicadores destinados a mensurar o desempenho de processos de planejamento com o objetivo de quantificar a eficiência, eficácia, efetividade, produtividade e qualidade das ações. Das definições genéricas destes termos, derivadas da Teoria de Sistemas, Iony Patriota nos apresenta um trabalho definido por métodos e fórmulas que possibilitam uma análise precisa e útil em sistemas de projetos de qualquer área corporativa. Seu grande mérito é promover ações contínuas na busca do bem-estar e do desenvolvimento do ser humano dentro nas organizações.

Público-Alvo: Uma obra cujo grande mérito é promover ações contínuas na busca do bem-estar e do desenvolvimento do ser humano dentro nas organizações.

Autor: Iony Patriota de Siqueira é mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (FPE), onde defendeu tese sobre a Manutenção Centrada na Confiabilidade. Com mais de 30 anos de experiência em manutenção, é consultor, pesquisador e professor da UNIBRAT EC e UPFE/GPSID (Grupo de Pesquisa em Sistemas de Informação e Decisão do CNPq), onde ministra as cadeiras de Integração de Dados e Processos, Modelagem de Negócios e Engenharia de Requisitos, entre outras. No ano de 2003, recebeu o prêmio máximo (hors concurs) do Seminário Internacional de Mantenimiento Y Servicios Asociados En Sistemas Eléctricos (SIMSE), e o primeiro lugar (menção honrosa) do Grupo de Operações do Seminário Nacional de Geração e Transmissão de Energia, promovido pelo International Council On Electric Power Systems – CIGRÉ.


Dados Técnicos:

Preço: R$ 50,00

ISBN: 978- 85-7303-854-5

Número de Páginas: 192

Formato: 16 X 23 cm

Novo Testamento Chinês-Português

Sociedades Bíblicas do Brasil e de Hong Kong lançam Novo Testamento Chinês-Português
Única edição bilíngue nestes idiomas, o lançamento atenderá à comunidade cristã chinesa do Brasil. Brasileiros que estudam mandarim ou vivem na China também estão no foco da publicação.

Uma obra inédita, desenvolvida pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), está sendo aguardada com muita expectativa. Trata-se do Novo Testamento, Salmos e Provérbios Chinês-Português, que reúne, numa edição primorosa, dois dos idiomas mais falados em todo o mundo. Editada em conjunto com a Sociedade Bíblica de Hong Kong, esta publicação utiliza as duas traduções mais apreciadas pelas populações da China e do Brasil: Revised Chinese Union Version (RCUV) – em mandarim com escrita simplificada – e Almeida Revista e Atualizada (RA), respectivamente. Cada uma das traduções, apresentadas lado a lado, foi feita a partir dos textos originais e reflete fielmente a mensagem bíblica.
O lançamento do NT Chinês-Português acontecerá no dia 23 de maio, às 15h, na Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo, na capital paulista. O culto poderá ser acompanhado ao vivo, via internet, pelo link www.catedralonline.com.br (clicar no ícone “culto ao vivo”).


A obra pode ser considerada um símbolo da união desses dois países, além de apontar para a importância dos dois idiomas no cenário internacional: o português, dominante entre cerca de 250 milhões de pessoas, ocupa a 6ª posição no ranking dos idiomas mais falados no mundo; e o mandarim, que é utilizado por mais de 1,3 bilhão de pessoas, e configura-se no idioma mais falado do planeta.
“Unir dois idiomas tão diferentes e lançar o Novo Testamento bilíngue Chinês-Português foi a meta que as Sociedades Bíblicas do Brasil e de Hong Kong assumiram e hoje comemoram a realização de mais esse projeto”, afirma o secretário de Tradução e Publicações da SBB, Paulo Teixeira. A edição conservou as características editoriais das traduções em mandarim e em português. Com isso, o leitor poderá encontrar pequenas diferenças na divisão das seções, o que, no entanto, não prejudica a compreensão da mensagem bíblica no seu todo.
Para Teixeira, o lançamento – desenvolvido a pedido das igrejas cristãs chinesas do Brasil – representa, sobretudo, um importante avanço na consolidação da fé de uma comunidade em constante crescimento. “É missão da Sociedade Bíblica do Brasil levar a Palavra de Deus a todas as pessoas. Ao preencher mais esta lacuna em nossa sociedade, sentimo-nos recompensados e estimulados a continuar nossa tarefa”, resume.
Com 1,3 bilhão de habitantes, a China apresenta números grandiosos relacionados à sua população: um em cada cinco habitantes do planeta vive na China, representando um quinto da população mundial, estimada em 6,5 bilhões de habitantes. Sozinha, a China tem uma população duas vezes maior do que a da Europa inteira. Mais de 30% das pessoas com idade acima de 16 anos se denominam religiosos, quatro vezes mais do que há uma década.
Conforto e evangelização – A importância desta edição bilíngue é destacada por líderes religiosos chineses residentes no Brasil. "É o instrumento eficaz da própria Palavra de Deus para evangelização, especialmente para o chinês que vem da China, para ler nas horas vagas. Quando eles chegam aqui sofrem de muita solidão, não falam e não entendem o português", diz Wu Tu Hsing, médico da Universidade de São Paulo (USP) e pastor da Igreja Presbiteriana de Formosa no Brasil Tai-an (Grande Paz). Assim como os cristãos chineses que vêm para o Brasil, os brasileiros que fazem o caminho inverso também são alvo desta nova publicação.

Outro grupo que poderá se beneficiar com a novidade são os brasileiros que estudam mandarim, como endossa Chang Lien Chuan, pastor da Igreja Cristã Pão da Vida: "Essa edição é muito importante para a geração nova que fala mandarim e também para os brasileiros que estão em contato com a língua. Foi feita na hora certa para abençoar a população. E se vier a Bíblia completa, melhor ainda", arremata.

Culto Bilíngue de Ação de Graças pelo lançamento do NT, Salmos e Provérbios Português-Chinês
Data: 23 de maio de 2010 (Domingo)
Local: Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo – Rua Nestor Pestana, 136
Horário: Das 15h às 17h00
Mensagem e apresentação: Paulo Teixeira, secretário de Tradução e Publicações da SBB.
Louvor: Coral da Igreja Presbiteriana de Formosa no Brasil Tai-An (Grande Paz) - Hinos em chinês e português, alternados.
Obs.: Para acompanhar o culto ao vivo, pela internet, acesse www.catedralonline.com.br (clicar no ícone “culto ao vivo”)
Novo Testamento, Salmos e Provérbios Chinês-Português
Recursos
§ Textos bíblicos: RCUV e RA
§ RCUV (grafia simplificada) na coluna esquerda da página
§ RA na coluna direita da página
§ Mapas em chinês
Descrição do Produto
Título: Novo Testamento, Salmos e Provérbios
Códigos e acabamentos:
RA-RCUV360DI – capa brochura
RA-RCUV367DI – couro bonded preto, vinho e azul escuro
Papel: Bíblia
Formato: 13,5 x 21,0 cm
Páginas: 736
Impressão: 1 cor
Preço de Venda
Capa brochura – R$ 14,30
Capa couro bonded – R$ 25,00



Informações à imprensa:
11 3289.2139
Luciana Garbelini :: 11 9292.2131
Denise Lima :: 11 9611.7381

LUA DE PAPEL - "PARA LER LITERATURA COMO UM PROFESSOR", UM GUIA QUE ENSINA A LER NAS ENTRELINHAS

DE MANEIRA ÁGIL E DIDÁTICA, LIVRO MOSTRA COMO INTERPRETAR OS DIFERENTES PONTOS DE VISTA QUE PERMEIAM AS HISTÓRIAS LITERÁRIAS

Ao ler um livro, “basicamente, todos lemos a mesma história, mas não usamos o mesmo aparato analítico”. É dessa premissa que parte Thomas C. Foster, autor de “Para ler literatura como um professor”, publicado pela editora Lua de Papel. Quem já assistiu a uma aula de literatura sabe o que o autor está falando: não raro o professor expõe significados e críticas interpretativasde um texto que os alunos sequer suspeitaram.

Com o a intenção de melhorar a percepção do leitor para a riqueza que reside nas entrelinhas, Foster afirma que deve-se treinar a “linguagem de leitura”, para que o leitor aprecie e aproveite ao máximo os códigos e padrões presentes nos textos. Na abertura de cada capítulo, Foster comenta quais os autores a serem interpretados e os contextualiza, o que facilita a compreensão de cada ponto abordado.

Tipos de personagens, ritmos de enredo e composição de capítulos fazem parte da estrutura que o autor cuidadosamente ensina a observar com uma nova visão. A partir das dicas literárias encontradas no livro, podemos compreender de forma muito mais ampla e clara as simbologias de cada personagem, de cada objeto e de cada atitude. E para facilitar a compreensão, usa da melhor forma o material que tem a sua disposição: as próprias obras literárias.

Da fantástica história de “Fausto”, do escritor alemão Goethe, passando por “Édipo Rei”, de Sófocles, até algumas linhas simples criadas pelo próprio autor para exemplificar as narrativas, Foster vai, ponto a ponto, dissecando e indicando as ações que constroem as entrelinhas de cada história.

Aproveitando todo o vampirismo que tem dominado a cabeça dos jovens do mundo inteiro, o autor usa o enredo das principais obras sobre o tema para demonstrar que o vampirismo não trata somente de vampiros, mas de coisas como egoísmo, luxúria e tabus da sociedade. Uma frase do autor resume sua perpectiva: “fantasmas e vampiros nunca são apenas fantasmas e vampiros”.

Foster afirma que os estudiosos profissionais de literatura aprendem a absorver os detalhes de primeiro plano, enquanto enxergam os padrões que os detalhes revelam. Ensinar a enxergar os detalhes dos livros é o que Foster propõe como exercício. Por isso recomenda muita leitura, de suas dicas. Com elas, , o segredo das entrelinhas se abrirá para o leitor interessado em descobrir as muitas possibilidades e nuances presentes nos textos.


Ficha Técnica
Título: Para ler literatura como professor
Autor: Tom C. Foster
Tradução: Frederico Dantello
Formato: 15, X22,8 cm
Capa dura
Nº de páginas: 272
Preço: R$ 34,90

O autor
Tom C. Foster é professor de Inglês da Universidade de Michigan, EUA, onde dá aulas de ficção contemporânea, drama e poesia, bem como de escrita criativa e composição. Da observação e do interesse dos próprios alunos decidiu escrever algo que pudesse atender a leitores em geral, de modo a oferecer informação realmente útil sobre como se transformar num leitor superior. Escreveu diversos livros sobre literatura e poesia britânicas e irlandesas do século XX. Atualmente, vive em East Lansing, Michigan, EUA.

Sobre a Lua de Papel
A editora Lua de Papel é uma das mais importantes do grupo LeYa – formado por 18 editoras em Portugal e que acaba de ser fundada no Brasil. Seguindo o caminho da matriz e com o objetivo de criar uma identidade própria e firmar-se como uma das grandes editoras no país, a editora Lua de Papel tem como Publisher, Pedro Almeida, e conta com uma equipe própria de editorial, marketing e comercial.

Símbolos da bandeira do Brasil e curiosidades sobre o hino nacional são abordados em obra infantil educativa

Livro da Callis Editora revela a história e os significados por trás dos emblemas do País

Você sabe por que a bandeira do Brasil tem 27 estrelas? Quem compôs o hino nacional? E para que serve o selo nacional? Em “Símbolos do Brasil”, da Callis Editora, a autora Cristina Von traz para as crianças, com inteligência e leveza, as respostas para essas perguntas.

No livro, uma estudante com muita vontade de aprender chamada Marília faz uma viagem pelo mundo de história e significados presentes na bandeira, nas imagens e nos hinos do nosso país.

Acompanhando Marília, as crianças descobrem junto com ela a riqueza de detalhes que existe - mas que poucos conhecem – por trás dos símbolos mais importantes do Brasil.



Serviço
Livro Símbolos do Brasil
Callis Editora
Autor: Cristina Von
Ilustrações: Ana Luiza de Paula
17 cm x 24 cm
32 páginas
Preço sugerido: R$ 18,90

"ENCONTRO COM 40 GRANDES AUTORES"

Livro “Encontros com 40 grandes autores” traça perfil de escritores contemporâneos
UMBERTO ECO, JOSÉ SARAMAGO E PAUL AUSTER SÃO ALGUS DOS ENTREVISTADOS PELO JORNALISTA BEN NAPARSTEK

A editora LeYa lança em maio “Encontros com 40 grandes autores”, do jornalista e escritor australiano Ben Naparstek. A obra oferece um perfil de renomados escritores internacionais a partir de entrevistas realizadas pelo autor. Durantes as conversas, foram revelados também detalhes do processo criativo e interessantes passagens da vida de cada um deles.
A lista de entrevistados chama atenção pela diversidade. Nela encontram-se nomes conhecidos do grande público, como Umberto Eco, Noam Chomsky, Toni Morrison e Carlos Fuentes. Há também os de menor visibilidade, mas de talento comprovado, como a austríaca Elfriede Jelinek, vencedora do Prêmio Nobel de literatura em 2004.
As áreas de interesse dos autores também são variadas. O leitor é apresentado ao pensamento do filósofo francês Bernard-Henri Lévy assim como às ideias conservadoras de Robert Kagan, consultor político, especialista em história americana e relações externas. Em outra entrevista, o protagonista é o britânico Adam Philips, que escreve sobre psicanálise.
Ben Naparstek afirma que procurou manter um olhar cético sobre seus entrevistados, para evitar “ser seduzido pela inteligência ou charme” de figuras tão proeminentes. Conhecido na imprensa internacional, Naparstek reúne nesta obra 40 das mais de cem entrevistas por ele realizadas em jornais e revistas desde 2001. Encontros ao vivo, por telefone e mesmo por e-mail que renderam entrevistas reveladoras, com diferentes enfoques.
Enquanto José Saramago, por exemplo, discorre sobre o estilo de sua escrita e o realismo fantástico ao qual tanto é associado, por outro lado, o perfil do escritor americano Tobias Wolff revela um pitoresco episódio de sua vida, em que uma brincadeira que quase lhe custou o emprego - de redator de obituário - transformou-se na base de um conto de sucesso, tempos depois.
Dividido em duas partes, Ficção e Não Ficção, o livro coloca autores no lugar de personagens e vasculha suas trajetórias e particularidades. Oferece ao leitor a chance de saber detalhes sobre a vida e a atuação de autores consagrados e também de conhecer escritores novos ou pouco conhecidos por aqui. Em suas 247 páginas a obra proporciona verdadeiros encontros literários dos autores com leitores – fiéis ou futuros.

Ficha Técnica
Título: Encontros com 40 grandes autores
Autor: Ben Naparstek
Formato: 16x23 cm
Brochura
Nº de páginas: 247
Preço: R$ 39,90
Sobre o autor
Ben Naparstek, nascido em Melbourne, Austrália, em 1986, formou-se em Artes e Direito na Universidade de Melbourne antes de receber uma bolsa para mestrado na Johns Hopkins University, em Baltimore, Estados Unidos. Voltou para Melbourne para se tornar editor da revista The Monthly, em maio de 2009, após oito anos de contribuição para mais de 40 jornais e revistas, escrevendo sobre livros e ideias. Juntamente com Justin Clemens, é coeditor da The Jacqueline Rose Reader, a ser publicada pela Duke University Press. Encontros com 40 grandes autores é seu primeiro livro.


A LeYa
A LeYa nasceu em Portugal, em janeiro de 2008, como empresa holding na qual se integram algumas das mais prestigiadas editoras nacionais e duas das mais bem-sucedidas editoras africanas. Compõem a LeYa as seguintes editoras: ASA, Caderno, Caminho, Casa das Letras, Dom Quixote, Estrela Polar, Gailivro, Livros d'Hoje, Lua de Papel, Ndjira (Moçambique), Nova Gaia, Nzila (Angola), Oceanos, Oficina do Livro, Quinta Essência - Sebenta, Teorema e Texto. A força destas marcas e a qualidade do que produzem, aliada aos objetivos ambiciosos e à dinâmica de grupo, fazem da LeYa uma empresa forte e coesa nos seus objetivos gerais e diversa nos seus programas editoriais.


A Belém Com é fundadora da Rede Brasileira de Gestão
de Imagem, formada por empresas de comunicação
especializadas e que atendem a poucos e selecionados clientes.

LANÇAMENTO DO LIVRO DE FAUTO VIANA - 01/06

ÚLTIMO CAPÍTULO DA 3ª TEMPORADA DE LULUZINHA TEEN

“SHOW DE BOLA” É ÚLTIMO CAPÍTULO 3º TEMPORADA DE LULUZINHA TEEN E SUA TURMA

Muitas surpresas acontecem no 4º e último episódio da 3ª temporada de “Luluzinha Teen e sua turma”, intitulado como "Show de Bola". Lulu acaba decidindo não subir até a casa de Patrick e ao invés de levar a namorada de volta para sua casa, o rapaz a deixa sozinha na rua e lhe dá apenas o dinheiro para o ônibus. A sorte de Luluzinha é que de alguma maneira o Bola sempre aparece para salvá-la quando está em apuros.

Mesmo depois desta mancada, Lulu continua gostando de Patrick e vai até a casa dele para resolver o problema. Lá descobre que quase tudo que viveu com ele era pura armação. Depois disso, Lulu enfim descobre que é a “amada amante” de seu pai e fica bastante surpresa com o que vê.

Aninha vai parar em um hospital por conta da sua greve de fome. Internada encontra com um amigo que lhe revela que o Mestre Shiubaba na verdade é um charlatão. Ele vive de enganar centenas de pessoas vendendo seus produtos naturebas, enquanto mora em uma mansão luxuosa.

Glorinha vai fazer as fotos com o Toni, mas de tão fraca desmaia antes do primeiro click. Toni, por sua vez, é desmascarado, pois não é fotógrafo coisa nenhuma. Glorinha é salva por Leon e Vicente. Agora pode ser que entre na cabecinha dura dela que o Vicente é um cara legal.

Após se chocar com a Lurdinha Fashion, Bola decide ir à mão contrária e mudar seu estilo para sertanejo. Depois de muita confusão de identidade, tudo volta ao normal e cada um retorna ao seu estilo. Mas, agora Lurdinha já não quer mais saber do Bola.

E depois de uma fuga tão fenomenal, Alvinho volta para o Instituto Rousseau. Descobre que por detrás dos “meninos perfeitos” do instituto havia um garoto de coração partido, que perdeu a namorada quando entrou para o internato. Alvinho entende a situação de acaba se candidatando a presidência do grêmio para mudar algumas coisas nessa escola tão sisuda.

Essas e muitas outras aventuras recheiam o final da terceira temporada de Luluzinha Teen e Sua Turma. A quarta temporada começa em junho com novas e eletrizantes aventuras!


SOBRE O PROJETO

A Ediouro, maior editora de livros da América Latina, lançou o mangá Luluzinha Teen e sua Turma em junho passado, sob o selo Pixel. Trata-se de uma versão jovem dos clássicos personagens infantis em quadrinhos de décadas atrás.
Voltada para o público adolescente, meninos e meninas, Luluzinha Teen e sua Turma tem como editor o jornalista Daniel Stycer, criação e roteiro de Renato Fagundes (atualmente coordenador de conteúdo do núcleo de TV e Multiplataforma do Grupo Conspiração), design e direção de arte da Labareda. A revista tem formato 15,8 x 20,5 cm, 96 páginas miolo em preto & branco e 16 em cores), custa R$ 6,40 e tiragem de 100 mil exemplares.


Além disso, Luluzinha Teen e sua Turma traz diversos recursos modernos adicionais, para melhor identificação do público com os personagens. Um deles é a possibilidade de interatividade: em vez do seu famoso diário de infância, Luluzinha agora terá um blog: o www.luluteen.com.br, que irá complementa e enriquece as histórias contadas na revista.