Assista nosso Programa

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O cigano e o gigante

Editora Prumo lança obra que retrata um divertido mal-entendido, que deixa toda uma cidade em pânico e acaba por selar a amizade entre dois garotos

A Editora Prumo lança este mês, pelo selo Pruminho, a obra O cigano e o gigante, de autoria da dramaturga Cláudia Vasconcellos, com ilustrações de Roger Marmo e Adriana Vegas. Trata-se da releitura de um antigo conto russo que ganha, na versão brasileira, contornos sutis e um sugestivo formato de peça de teatro.

O livro faz uma homenagem a um dos mais antigos recursos teatrais, fartamente usado na comédia: o quiproquó. Convite certo para muita confusão e riso, o quiproquó consiste em um grande mal-entendido. “É um recurso muito antigo do gênero dramático que nasceu com o próprio teatro. Para escrever um bom quiproquó, acredito que é preciso conhecer o repertório dramático que por séculos cria situações com duplo sentido”, diz a autora.

Na obra, o gigante não é gigante de verdade, mas um menino grande e forte, que, devido a boatos descuidados, torna-se monstro. O cigano é cigano mesmo, mas sua esperteza serve, sobretudo, para desvendar o mal-entendido e selar uma linda amizade.

Com essa abordagem, o resultado não poderia ser outro: uma obra divertida e cativante que merece ser lida, relida e até mesmo decorada, ensaiada e interpretada. Para tanto, Cláudia Vasconcellos fornece todos os elementos necessários, desde os cenários até o gestual dos personagens. “Quem deseja montar uma peça de teatro terá, com este texto, as indicações precisas para isso. Quem gosta de ler uma boa história, não deixará de fruí-la por ser teatro. Poderá, como acontece quando se lê um conto, inventar a sua montagem imaginária”, explica a autora.

Segundo ela, esta é uma história sobre a amizade e conciliação. “Dei-me muitas liberdades em relação ao texto original, em que havia mesmo um gigante com uma mãe maldosa. Mantive a esperteza do cigano, mas humanizei aquele personagem que é confundido com um gigante”, explica a autora sobre o processo de criação.

Um bom quiproquó precisa de ilustrações que sustentem o duplo sentido das situações e as ilustrações de Roger Marmo e Adriana Vegas se mesclam às palavras e ações de modo que é possível ver os personagens ganharem vida e encenarem com maestria, tendo como palco o papel.

Já brincou de telefone-sem-fio? Pois prepare-se para ver um mal-entendido ganhar proporções catastróficas.

Sobre a autora:
Cláudia Vasconcellos é dramaturga, atuando nos teatros adulto, infantil e juvenil desde 1994. É doutora em Teoria Literária e mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Autora dos livros As histórias de Marina (Global); A mulher no escuro (Ateliê); As roupas do rei e Inventa-Desinventa (SM); e Uma história da China (Nova Alexandria). Entre os prêmios teatrais recebidos destacam-se: Prêmio Coca-Cola Femsa de melhor autora por O tesouro de Balacobaco (2007); Prêmio Tatiana Belinky por Uma história da China (2003)

Sobre os ilustradores:
Roger Marmo e Adriana Vegas possuem um estúdio especializado em design gráfico, ilustração e animação que se chama Motoca, em homenagem ao brinquedo dos anos 1980. Possuem um blog http://motocailustra.wordpress.com/ com as várias ilustrações que fizeram para o mercado editorial.

FICHA TÉCNICA:
Título: O cigano e o gigante
Autora: Cláudia Vasconcellos
Ilustradores: Roger Marmo e Adriana Vegas
Formato: 14x21
Nº. de Páginas: 72
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-7927-054-3
Preço: R$ 21,90