Assista nosso Programa

quarta-feira, 19 de maio de 2010

LUA DE PAPEL - "PARA LER LITERATURA COMO UM PROFESSOR", UM GUIA QUE ENSINA A LER NAS ENTRELINHAS

DE MANEIRA ÁGIL E DIDÁTICA, LIVRO MOSTRA COMO INTERPRETAR OS DIFERENTES PONTOS DE VISTA QUE PERMEIAM AS HISTÓRIAS LITERÁRIAS

Ao ler um livro, “basicamente, todos lemos a mesma história, mas não usamos o mesmo aparato analítico”. É dessa premissa que parte Thomas C. Foster, autor de “Para ler literatura como um professor”, publicado pela editora Lua de Papel. Quem já assistiu a uma aula de literatura sabe o que o autor está falando: não raro o professor expõe significados e críticas interpretativasde um texto que os alunos sequer suspeitaram.

Com o a intenção de melhorar a percepção do leitor para a riqueza que reside nas entrelinhas, Foster afirma que deve-se treinar a “linguagem de leitura”, para que o leitor aprecie e aproveite ao máximo os códigos e padrões presentes nos textos. Na abertura de cada capítulo, Foster comenta quais os autores a serem interpretados e os contextualiza, o que facilita a compreensão de cada ponto abordado.

Tipos de personagens, ritmos de enredo e composição de capítulos fazem parte da estrutura que o autor cuidadosamente ensina a observar com uma nova visão. A partir das dicas literárias encontradas no livro, podemos compreender de forma muito mais ampla e clara as simbologias de cada personagem, de cada objeto e de cada atitude. E para facilitar a compreensão, usa da melhor forma o material que tem a sua disposição: as próprias obras literárias.

Da fantástica história de “Fausto”, do escritor alemão Goethe, passando por “Édipo Rei”, de Sófocles, até algumas linhas simples criadas pelo próprio autor para exemplificar as narrativas, Foster vai, ponto a ponto, dissecando e indicando as ações que constroem as entrelinhas de cada história.

Aproveitando todo o vampirismo que tem dominado a cabeça dos jovens do mundo inteiro, o autor usa o enredo das principais obras sobre o tema para demonstrar que o vampirismo não trata somente de vampiros, mas de coisas como egoísmo, luxúria e tabus da sociedade. Uma frase do autor resume sua perpectiva: “fantasmas e vampiros nunca são apenas fantasmas e vampiros”.

Foster afirma que os estudiosos profissionais de literatura aprendem a absorver os detalhes de primeiro plano, enquanto enxergam os padrões que os detalhes revelam. Ensinar a enxergar os detalhes dos livros é o que Foster propõe como exercício. Por isso recomenda muita leitura, de suas dicas. Com elas, , o segredo das entrelinhas se abrirá para o leitor interessado em descobrir as muitas possibilidades e nuances presentes nos textos.


Ficha Técnica
Título: Para ler literatura como professor
Autor: Tom C. Foster
Tradução: Frederico Dantello
Formato: 15, X22,8 cm
Capa dura
Nº de páginas: 272
Preço: R$ 34,90

O autor
Tom C. Foster é professor de Inglês da Universidade de Michigan, EUA, onde dá aulas de ficção contemporânea, drama e poesia, bem como de escrita criativa e composição. Da observação e do interesse dos próprios alunos decidiu escrever algo que pudesse atender a leitores em geral, de modo a oferecer informação realmente útil sobre como se transformar num leitor superior. Escreveu diversos livros sobre literatura e poesia britânicas e irlandesas do século XX. Atualmente, vive em East Lansing, Michigan, EUA.

Sobre a Lua de Papel
A editora Lua de Papel é uma das mais importantes do grupo LeYa – formado por 18 editoras em Portugal e que acaba de ser fundada no Brasil. Seguindo o caminho da matriz e com o objetivo de criar uma identidade própria e firmar-se como uma das grandes editoras no país, a editora Lua de Papel tem como Publisher, Pedro Almeida, e conta com uma equipe própria de editorial, marketing e comercial.