Assista nosso Programa

terça-feira, 16 de março de 2010

Fundação Editora da Unesp lança 44 de livros digitais com acesso gratuito

A Fundação Editora da Unesp (FEU) lançou nesta quinta-feira (11/03) a Coleção Propg Digital, com 44
obras inéditas em formato digital, das áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais e Aplicadas, Linguística,
Letras e Artes. As obras foram publicadas sob o selo Cultura Acadêmica, que também inaugurou seu site próprio: http://www.culturaacademica.com.br/. Esta é a primeira vez que uma universidade brasileira, com base no conteúdo de suas pesquisas, concebe um programa de publicações de livros originalmente previstos para o formato digital, com acesso gratuito.

A ação é resultado de uma parceria entre a editora e a Pró-Reitoria de Pós Graduação (Propg). "O programa é um marco no mercado livreiro e deve dar ainda mais visibilidade para a pós-graduação da Universidade, que já é a segunda maior do país em número de programas", afirma a pró-reitora de Pós-Graduação, Marilza Vieira Cunha Rudge. José Castilho Marques Neto, diretor presidente da FEU, complementa informando que "apenas entre ontem [10 de março] e hoje, as publicações já foram baixadas por quase mil usuários". O projeto prevê a publicação de 600 livros eletrônicos em dez anos. Em 2010, serão selecionados e editados 58 novos títulos.

E o programa vai além de tornar a produção acadêmica disponível ao público. Segundo Jézio Hernani Bomfim Gutierre, editor executivo da Editora da Unesp, "estamos oferecendo algo novo, um e-book de acesso livre, numa linguagem mais acessível do que o discurso científico de origem". O projeto também não se limita a digitalizar obras prontas, como já é comum no mercado editorial. A coleção inteira foi originalmente pensada no formato de livro eletrônico.

"O maior diferencial do projeto é que os autores e a Unesp abrem mão de qualquer pagamento pelo material, num compromisso muito forte com a divulgação do conhecimento", afirma o professor Cláudio José de França e Silva, assessor da Propg. Essa característica tem despertado interesse de empresas prestadoras de serviços na internet, como a norte-americana Google, informa Gutierre. Os direitos autorais continuaram a ser respeitados, com a proibição de publicar o conteúdo dos e-books ou de copiar trechos sem os devidos créditos.

Gutierre destaca, ainda, que essa iniciativa pode ajudar no crescente movimento de aproximação da Universidade com países da América do Sul. "Como a barreira da língua é menor em relação aos falantes de língua espanhola, acreditamos que haverá uma boa difusão das obras nos países vizinhos."

Cultura Acadêmica - Este é o segundo selo da Fundação Editora da Unesp, que tem como marca central a
Editora Unesp, no mercado desde 1987, já consagrada com um catálogo que a caracteriza como editora universitária de destaque junto ao leitor brasileiro e ibero-americano.

O segundo selo, o Cultura Acadêmica, foi criado há alguns anos para auxiliar principalmente o atendimento às múltiplas demandas editoriais da Universidade Estadual Paulista (Unesp), uma universidade multicampus e com um enorme contingente de docentes, pesquisadores e pós-graduandos. Com a ampliação do número de títulos editados pelo selo Cultura Acadêmica, a Fundação abre novas oportunidades de publicação num momento em que a pesquisa acadêmica e sua divulgação são cada vez mais necessárias.
Autônomo e descentralizado em relação ao selo de origem, Cultura Acadêmica presta-se a novas experimentações, abre-se a parcerias editoriais com órgãos da direção central da Unesp assim como com suas várias unidades universitárias e cursos de pós-graduação, buscando sempre a qualidade pautada nos conselhos editorias e comissões científicas responsáveis por cada um dos volumes publicados.

Assim surgiram as publicações do selo em parceria com várias Faculdades e Institutos da Unesp e, com o
lançamento do site próprio, inaugura-se a Coleção Propg-Digital, que publica livros em primeira edição apenas nos formatos digitais, com a possibilidade de download gratuito.
Editora UNESP