Assista nosso Programa

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

LIVRO ORIENTA CRIANÇAS SOBRE O CÂNCER

Tratamento do câncer é tema de livro educativo para crianças e adolescentes


A obra “Aonde foi parar o cabelo de mamãe?”, indicada para crianças a partir dos 8 anos, conta de forma delicada uma história de combate à doença

O câncer é uma realidade presente no mundo: no Brasil, a doença figura como a segunda maior causa de óbitos. Já no meio infantil, estimativas apontam 12 e 13 mil novos casos da doença por ano no país, segunda dados do IBGE.

Diante desse cenário, surge uma questão importante: qual é a melhor forma de explicar a doença para as crianças e os adolescentes? Esse é o desafio do livro “Aonde foi parar o cabelo de mamãe”, de Haydn Debbie e Emmet Watters, da Callis Editora. A obra fala sobre os passos no tratamento do câncer, na perspectiva dos filhos de uma paciente, destacando que com o apoio da família e dos amigos, é possível enfrentar o tratamento e até ter uma cabeça cheia de cabelos outra vez.

O livro, sugerido para crianças a partir dos 8 anos de idade, traz uma linguagem simples e aborda o assunto de forma delicada com humor cuidadoso. A obra conta, ainda, com ilustrações de Camilla Mesquita, que em 1996 terminou o mestrado em Artes Visuais pela State University of New York, em Rochester.


Serviço:
Livro: Aonde foi parar o cabelo de mamãe? - Uma jornada familiar no combate ao câncer
Callis Editora
Autores: Debbie, Haydn e Emmet Watters
Ilustração: Camila Mesquita
28 cm x 21 cm
40 páginas
Preço sugerido: R$ 23,00

SANTO ANTONIO DAS ARTES


No dia 18 de janeiro na Livraria Fnac da Avenida Paulista, aconteceu  a noite de autógrafos do livro 'Santo Antônio das Artes - Zezinhos' (Editora Conteúdo - 250 páginas) de Saulo Garroux e Levi Mendes Jr.

A obra, que conta com textos também em inglês, mostra por meio de fotos e imagens o processo pedagógico implantado há mais de 15 anos na Associação Educacional e Assistencial Casa do Zezinho, que foi criada pela psicopedagoga Dagmar Garroux, aTia Dag, e contribui para o desenvolvimento de 1200 crianças e jovens de 6 a 21 anos. Para a presidente da Casa do Zezinho, Tia Dag, "Educação é amor.(...) Quanto mais colocamos amor no ato de educar, menos ele se torna uma obrigação"..
O livro nasceu da ideia de retratar o trabalho de uma ONG que fica em uma das regiões mais violentas de São Paulo e, ao mesmo tempo, mostrar que as pessoas que passam pela entidade conseguem se libertar das mazelas de uma vida sofrida. Estão à frente do trabalho o diretor de arte Saulo Garroux, que também é educador na ONG, e o fotógrafo Levi Mendes Jr. Ambos possuem trabalhos em diversos veículos da imprensa paulista, e há 30 anos atuam junto às comunidades de periferia da zona Sul da cidade.
Em 'Santo Antônio das Artes - Zezinhos' apresenta a favela situada na zona Sul de São Paulo e alguns de seus moradores e frequentadores da Casa do Zezinho, associação que pela arte e pela educação consegue resgatar a cidadania e trabalhar o desenvolvimento humano de crianças e jovens da região.
O livro traz um olhar para dentro da favela do Parque Santo Antônio. Retrata a intimidade dos Zezinhos (como são conhecidos os alunos da ONG), de sua comunidade, sua viela, sua família. "Procuramos proporcionar um diálogo entre a foto e sua posterior recriação pelas crianças e jovens por meio de desenhos. Um conflito libertador de linguagens e de expressões que não descarta nenhuma experiência, estímulos da vida, olhares e percepção de beleza", explica Saulo Garroux.
'Santo Antonio das Artes - Zezinhos" mostra ainda como a Casa do Zezinho foi criada, como nasceu e funciona, o seu processo pedagógico, que será implantado no Morro do Alemão (RJ), e traz um panorama sobre a favela e seus personagens.

Autores

Saulo Garroux
Fundador da Casa do Zezinho em 1994 atua até o presente na área de educação social como arte educador. Foi diretor e editor de arte em diversas editoras como Ática, Editora Três, FTD, Abril, Globo, Símbolo. Participou de diversos livros como ilustrador e desenvolveu vários projetos gráficos de livros de literatura alguns deles premiados. É também educador social no projeto Rukha em São Paulo. Atualmente é consultor da Escola do Futuro da Universidade de São Paulo na Rede de Projetos.

Levi Mendes Jr.
Formado pelo SENAC em 1978, Levi, participou de cursos avançados de fotografia publicitária, mesclando sua atividade de diagramador (Vogue, Versus, Movimento, Editora Abril), com a de fotógrafo amador.
Em 1983 iniciou o trabalho como repórter fotográfico para a Agência Angular, o que o levou para a recém inaugurada Veja SP/Veja, onde permaneceu até 1986 e dai para a revista Placar, trabalhando junto ao Estúdio

Realizou exposição individual, em 1999, na Universidade de Humboldt em Berlim, em apoio à ONG Casa do Zezinho. Em 2008 participou do Livro 'Art Book Brazil - 10 Fotógrafos Brasileiros' da Editora Décor, com o ensaio Dança das Araucárias, e colaborou com as imagens do Livro 'Zona de Guerra' do ex Zezinho Marcos Lopes.

A Casa do Zezinho

Contribui para formação e desenvolvimento de seres humanos, que reivindicam seus direitos, mas também tem deveres. Na ONG a educação é prioridade, que a entende como foco de ação social e fator determinante para reduzir as desigualdades sociais e melhorar a condição de vida de crianças e jovens brasileiros e seus familiares.

A entidade atua em toda a rede de relações dos Zezinhos, tais como: escola, casa, família, comunidade, saúde, leis e cidadania, promovendo o seu auto desenvolvimento e o reconhecimento de suas potencialidades, através do incentivo à curiosidade, ao prazer pela descoberta e ao aprendizado constante através do processo de construção do conhecimento que desenvolve a criação e a reflexão crítica.

O projeto possui sede própria, com 3.200 m², com espaços de aprendizagem, oficinas e ateliês de arte, oficinas pedagógicas de capacitação profissional, quadras poliesportivas, piscina, refeitório, auditório, ambulatório médico, consultório dentário e horta.


Ficha técnica

Noite de autógrafos do livro 'Santo Antônio das Artes - Zezinhos'
Autores: Saulo Garroux e Levi Mendes Jr.
Editora: Conteúdo
Patrocínio: Grupo Société Générale, através da Lei Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura)
Número de páginas: 250
Tamanho: 26 X 32cm
Lançamento: 27/11/09
Preço sugerido: R$ 50,00

A venda será realizada na Casa do Zezinho- Rua Anália Dolácio Albino, 30 Parque Santa Helena- São Paulo-SP. Tel (11) 5512 0878

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

AUDIOLIVRO Editora inaugura novo portal

AUDIOLIVRO Editora inaugura novo portal incluindo venda por download e oferece audiolivros de graça para os visitantes.
A primeira e maior editora de audiolivros do Brasil está inaugurando o seu novo portal, AUDIOLIVRO.net.br com venda de CDs e Downloads de centenas de títulos.


A AUDIOLIVRO Editora surgiu em meados de 2005 como a primeira editora totalmente especializada em produzir e editar livros para escutar. Na época, existiam poucos títulos disponíveis para compra no mercado, não passavam de poesias e algumas edições comemorativas de editoras que haviam testado o modelo antes. Não existia uma editora totalmente especializada no segmento. Foi um trabalho árduo do casal de fundadores Vanessa Ban e Marco Giroto para conseguir pulverizar os CDs nas livrarias que tinham um preconceito com relação ao formato.
Na Bienal de São Paulo de 2006, as pessoas que passavam pelo stand da AUDIOLIVRO achavam que eram livros para cegos. Já de 2007 em diante, as pessoas entravam para comprar para elas mesmas, o percentual de cegos que compravam era muito pequeno.
Hoje, o audiolivro é realidade nas melhores livrarias do país. É comum encontrar também audiolivros a venda em supermercados, bancas de jornal e lojas de conveniência. Até mesmo empresas de porta a porta que trabalham com catálogo, como por exemplo a empresa Hiroshima, vendem audiolivros em seu cátalogo que são disponibilizados para milhares de revendedoras em todo o país.
O novo site, AUDIOLIVRO.net.br trás além da venda do CD, a venda do arquivo MP3 para baixar. O cliente compra, e se for cartão de crédito, ele baixa o audiolivro em seu computador na mesma hora, pode gravar em CD ou passar para o seu MP3 player.
São centenas de títulos de diversos gêneros e autores, desde Best-sellers a preparatórios para OAB e concursos públicos.
"As pessoas estão começando a enxergar que o audiolivro tem muito a agregar na vida delas, hoje as pessoas não possuem tempo para ler, perdem muito tempo se deslocando de um lugar para outro, principalmente nas grandes cidades, e o audiolivro veio para preencher essa lacuna, ou seja, aproveitar o tempo enquanto se faz outras atividades, o audiolivro trás mobilidade para as pessoas" revela Marco Giroto, diretor da AUDIOLIVRO.
Além das centenas de títulos disponíveis em CD e Download, o site audiolivro.net.br também presenteia os visitantes com audiolivros grátis para baixar. Esse mês são dois títulos "Memórias de Natal" do autor Charles Dickens que inclusive possui filme em cartaz no cinema com o ator Jim Carrey, e o título "Escute, Leia, Escreva corretamente; Dicas do Novo Acordo Ortográfico". Todos os meses os títulos disponíveis na categoria Grátis, mudam. Esse mês ainda tem frete grátis para compras acima de 50 reais.
Mais uma novidade para os fãs de audiolivro. Qualquer um pode se tornar um parceiro da audiolivro e ganhar comissão nas vendas indicadas por esse parceiro, bem como terem uma franquia virtual da AudioLivro.net.br. Mais informações em: http://www.audiolivro.net.br/programadeafiliados/

Em tempos de e-book, kindle e iphone, o audiolivro apesar de não ser mais novidade, ainda esta dando muito o que falar e veio para ficar!
*
*
*
Publicidade:
Restauração de fotos antigas e retoque de fotos
Remoção de sujeiras, manchas, objetos, marcas de expressão, rugas, cicatrizes, rachaduras, acabamento de paredes, etc...
www.kidbrinde.webnode.com.pt

ficar sozinho não é nenhum mistério

Livro traz situações e dicas que revelam às crianças que ficar sozinho não é nenhum mistério

O guia de auto-ajuda mostra o que fazer quando houver queimadura, cair um dente, começar um incêndio e acabar a luz

O que fazer se você estiver sozinho em casa e ouvir barulhos que dão medo? E se você levar um choque ao mexer em um equipamento elétrico? E se você estiver sozinho em casa e começar um incêndio? O livro “Quando estou sozinho...”, da Callis Editora, foi escrito pela autora e enfermeira Tova Navarra, com ilustrações de Tom Keer.

O guia reúne 73 situações diferentes e dicas de como as crianças e os jovens podem agir. Outros destaques do livro são as sugestões de como agir quando um estranho oferecer doce, quando alguém bancar o valentão e quando alguém quiser que você conte uma mentira.

A obra ressalta, ainda, assuntos importantes que as crianças devem tratar com os pais como saber o nome da rua onde mora, telefone de casa e da cidade. Com mais de 250 mil exemplares vendidos, o manual reserva uma página para telefones importantes como da polícia, do bombeiro e do médico da família, e traz uma linguagem simples e didática.


Serviço:
Livro Quando estou sozinho...
Callis Editora
Autor: Tova Navarra
Ilustração: Tom Kerr
28 cm x 21 cm
128 páginas
Preço sugerido: R$ 36,90
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

"CONHECENDO OS DIREITOS DOS ANIMAIS"

CONHECENDO OS DIREITOS” – LANÇAMENTO DE UM NOVO SEGMENTO BIBLIOGRÁFICO PARA O PÚBLICO INFANTO-JUVENIL

Um novo segmento bibliográfico, voltado para o público infanto-juvenil, intitulado “Coleção Conhecendo os direitos”, de autoria da advogada e professora universitária Renata Braga Klevenhusen, chega para conquistar a criançada. A autora inicia a coleção com a publicação do livro “Conhecendo os direitos dos animais”, que pretende alertar as crianças para as noções de seus direitos, deveres e cidadania com os animais e será lançado logo no início de janeiro. O livro realiza um desejo da autora, o de transformar seus leitores em adultos conscientes a partir de mecanismos lúdicos, com linguagem apropriada e ilustrações criadas especialmente para ciência da mensagem.

“A criança é curiosa, reflexiva e dialógica por natureza. Utilizei o conceito de ‘direito’ no sentido de ‘respeito’ e ‘bom senso’, partindo de situações que fazem parte do cotidiano das crianças, estimulando a abordagem dos temas nos ambientes escolar e familiar”, explica a autora. O lançamento será realizado no dia 10 de janeiro de 2010, domingo, às 11h, na livraria Argumento, do Leblon, com a participação do grupo “Os Tapetes Contadores de Histórias”.

A ideia do livro surgiu quando a autora começou a pesquisar sobre a possibilidade de aplicação do princípio da dignidade humana, princípio fundamental no texto da Constituição brasileira (art. 1º. III), à qualidade de vida como um todo (inclusive a não-humana). Foi a partir daí que se criou um Grupo de Pesquisa sobre os Direitos dos Animais e, em parceria com diversas ONGs, já foram realizadas palestras sobre o tema. Mas, por iniciativa própria, Renata Braga Klevenhusen passou a contatar responsáveis por escolas com o interesse de realizar ações diretas para as crianças.

A primeira ação, em maio de 2009, foi realizada com alunos entre 4 e 6 anos da Escola Trilingue, em Chapecó, Santa Catarina. As questões relacionadas ao bem-estar animal, à educação sanitária e a não instrumentalização dos animais foram tratadas no encontro, que ainda contou com jogos participativos e a apresentação de uma nova versão para a música “Atirei o pau no gato”, que passou a ser intitulada “Não atire o pau no gato”.

A segunda e terceira ações, em junho e dezembro de 2009, foram realizadas com alunos da Escola Corcovado, no Rio de Janeiro.
Esses encontros possibilitaram o desenvolvimento do texto do livro “Conhecendo os direitos dos animais”. A Editora UNOESC se interessou na publicação do primeiro volume como parte dos projetos sociais que estava desenvolvendo.

A coleção

A produção bibliográfica da autora sempre foi voltada para estudantes e profissionais da área jurídica. Como o projeto virou um livro, a autora se viu estimulada a trabalhar com outros temas jurídicos voltados para o público infanto-juvenil que serão publicados em 2010. O próximo lançamento será em co-autoria com o Promotor Rodrigo Terra e vai tratar dos “Direitos do Consumidor”. Há previsão dos seguintes temas, dentre outros: “Conhecendo as famílias”; “Conhecendo a Constituição Brasileira”; “Conhecendo os Direitos Humanos”; “Conhecendo os Direitos da Criança e do Adolescente”; “Conhecendo os Direitos dos Idosos”; “Conhecendo o Direito Ambiental”.

“Apresentar o ‘Direito’, sob uma nova roupagem, desde a infância, enfatizando os valores do respeito, da solidariedade, da boa fé, da eticidade, da sociabilidade, dentre outros, contribuirá para que a criança desenvolva o senso da importância da participação individual na construção do bem comum para as presentes e futuras gerações”, sinaliza a autora.


Sobre a autora

Renata Braga Klevenhusen é advogada e professora universitária da disciplina “Bioética e Biodireito” para mestrandos e doutorandos em Direito. É Doutora em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina e Mestre em Direito Civil pela UERJ. Toda sua produção bibliográfica foi desenvolvida na área do Biodireito, considerado um novo ramo do Direito que trata das normas jurídicas destinadas a disciplinar os conflitos que surgiram com o progresso técnico-científico da biomedicina e da biotecnologia, envolvendo o direito à vida, à integridade física e à saúde.

Sobre a ilustradora

As ilustrações do livro “Conhecendo os direitos dos animais” são de autoria da chapecoense Marlowa Pompermayer Marin. Artista plástica e ilustradora, Marlowa é associada à Sociedade dos Ilustradores do Brasil – SIB. www.marlowa.com.br .
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

"Eu amo" reúne Di Cavalcanti, Caravaggio, Monteiro Lobato, Cecília Meireles e Ziraldo

• A psicóloga Iris Borges revela aos leitores mirins curiosos personagens e histórias sobre o mundo dos livros

• Os cinco volumes acabam de ser lançados no México e no Brasil

Como os escritores inventam os personagens? Os autores escrevem à mão ou no computador? Será que eles lêem muito? No momento da leitura, essas perguntas geralmente instigam a criançada. Para o escritor e desenhista Ziraldo, de tanto ele ler, sua cabeça virou um ninho de ideias. Já a autora Ruth Rocha diz que as suas histórias são baseadas nas próprias lembranças.

Essas são algumas curiosidades da coleção “Eu amo”, da escritora e psicóloga Iris Borges, editado pela Callis, que acaba de ser lançada no México, em espanhol, e no Brasil. Os cinco volumes trazem de forma simples, lúdica e divertida histórias sobre o fascinante mundo da leitura. Obras de artistas como Di Cavalcanti e Caravaggio, e caricaturas engraçadas de escritores como Cecília Meireles e Monteiro Lobato, deixam a coleção ainda mais divertida.


Eu amo livros
“Livro na mão, na bolsa, para ler no ônibus, em casa, na escola… Para conhecer novos mundos, basta prender a respiração e mergulhar. E, depois de alguns mergulhos, dá para sentir uma transformação muito especial acontecendo: de gente comum em um
apaixonado por livros.”
Editora Callis R$ 29,90

Eu amo escritores
“Na imaginação dos escritores, tudo é possível. E, quando se visita a casa deles — o livro —, é como se a nossa imaginação conversasse com a
imaginação deles. Que tal fazer uma visitinha a esse mundo incrível?”
Editora Callis
R$ 29,90


Eu amo ilustradores
“Há dois jeitos de mergulhar na leitura. O texto, cheio de palavras e poesia. E as ilustrações, com as imagens e… mais poesia! Os ilustradores são como mágicos, que criam uma história, cheia de cores e formas novas. E tudo isso só pra gente se encantar”.
Editora Callis
R$ 29,90

Eu amo bibliotecas
“Tem de tudo na biblioteca. Pirata, fada, bicho que fala, gente que voa, romance e aventura. Tem mundos inventados e fatos que
aconteceram de verdade. Mas, o mais importante: tem a vontade da gente de conhecer, se encantar e viajar na fantasia.”
Editora Callis
R$ 29,90

Eu amo editoras
“Uma ideia vira uma história na cabeça, que vira um monte de papéis, que vira um livro lindo, cheio de ilustrações e de aventuras. E, fazendo isso tudo acontecer, estão as editoras e o carinho das pessoas que trabalham com os livros.”
Editora Callis
R$ 29,90



*
*
*
Publicidade
Preços e estoque limitado

Livro mostra que lugar de criança também é na cozinha, quando bem orientada

Obra traz ilustrações Kiko Farkas, que recebeu três vezes o prêmio Jaboti, e dicas de receitas para os aspirantes a cozinheiro

Quem já ouviu: nada de criança na cozinha, é perigoso? Mas o contato quando supervisionado por um adulto pode trazer grandes benefícios aos aspirantes a cozinheiro. A missão do livro “Bagunça na cozinha”, da Callis Editora, é mostrar que os jovens também podem experimentar a culinária quando têm as orientações corretas.

Recheado de receitas, instruções e dicas básicas relacionadas à área, o livro garante diversão para o preparo dos pratos escolhidos e satisfação na hora de saboreá-los. Bagunça na cozinha conta ainda com ilustrações de Kiko Farka, ganhador por três vezes do prêmio Jaboti. Farkas já teve seu trabalho exposto nas bienais de cartazes dos EUA, República Tcheca, Polônia, Finlândia e Bulgária.

Serviço:
Livro Bagunça na cozinha
Callis Editora
Ilustração: Kiko Farkas
15 cm x 23 cm
82 páginas
Preço sugerido: R$ 22,90
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Coleção de livros educativos ajuda crianças e adolescentes a entenderem as principais religiões

“O que sabemos sobre...?” foi escrita por quatro autores que se reuniram para trazer histórias simples, lúdicas e curiosas

Imagine uma coleção que explicasse para crianças e adolescentes informações e curiosidades sobre cinco religiões. Quem foi Sidarta? O que é batismo? Como funciona o sistema de castas? Por que Meca é importante? Quando é o ano novo judaico?

Foi com o objetivo de criar obras que apresentassem o budismo, cristianismo, hinduísmo, islamismo e judaísmo, de uma forma simples e divertida para o público infanto-juvenil, que os autores Anita Ganeri, Carol Watson, Shaheuks Husain e Doeen Fine se uniram e produziram a “O que sabemos sobre”.

Cada livro mostra as informações históricas, culturais e religiosas sobre cada uma das crenças, bem como seus personagens. No livro do budismo, por exemplo, é explicada como é a vida dos monges, como são os templos e oferendas, e também o que é o dharma.
Serviço:
Coleção O que sabemos sobre
Callis Editora
Autores: Anita Ganeri, Carol Watson, Shaheuks Husain e Doeen Fine
22 cm x 28 cm
48 páginas
Preço sugerido: R$ 24,90
*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado:




domingo, 3 de janeiro de 2010

VIDA E ARTE DE ZÉ FORTUNA E PITANGUEIRA


No dia 19 dezembro, o autor Euclides da Fortuna lançou o livro “VIDA E ARTE DE ZÉ FORTUNA E PITANGUEIRA”. Durante o evento, foi apresentada uma peça teatral com trechos da obra.

Sobre o Autor:


Euclides Fortuna, o Pitangueira, é o representante de uma geração de artistas que fincaram raízes profundas na história da música sertaneja em nosso país.

Irmão e parceiro de José Fortuna, ele integrou a COMPANHIA TEATRAL MARACANÃ, que ajudou a criar, durante vinte anos, percorrendo cidades e capitais brasileiras, num tempo em que o asfalto não havia chegado a boa parte delas, os meios de comunicação eram incipientes e o grande companheiro do artista era tão somente o pó vermelho das estradas dos sertões.

Inesquecível quem o viu interpretando o mendigo cômico de Voz de Criança, grande sucesso da Companhia, levada ao palco milhares de vezes. Além disso, gravou com o trio ZÉ FORTUNA, PITANGUEIRA E ZÉ DO FÓLE mais de quarenta LPs ainda em vinil, sendo a primeira gravação deles a música Lágrimas de Mãe, ainda em 78 rpm.